Faça do seculodiario.com sua home

Siga
Twitter Facebook RSS

PUBLICIDADE

Prefeitura da Serra
Livro Polmeranos
Comerciantes, que apontam queda nas vendas, querem a retirada da faixa exclusiva

Cicloativistas se mobilizam pela manutenção da ciclofaixa da Jair de Andrade, em Vila Velha

Obrigado mais uma vez a adiar seu projeto de disputar o governo, o senador, que já tomou uma ''rasteira'' em 2010, volta novamente para o fim da fila

Resignado, Ricardo Ferraço fecha com Hartung e aceita pegar a senha para 2022

O ator Gilberto Gawronski interpreta um monólogo baseado em um fato real. As apresentações acontecem neste fim de semana, na Fafi

O premiado Ato de Comunhão é encenado pela primeira vez em Vitória

Até agora somente o vereador Davi Esmael, relator na Comissão, emitiu seu parecer, pela constitucionalidade da matéria

Projeto da qualidade do ar está parado na Comissão de Justiça da Câmara de Vitória

Desembargadora Eliana Junqueira analisou quatro agravos do Estado contra decisões judiciais que determinavam regulamentação do sistema

TJES mantém prazo para que Estado crie vagas no sistema socioeducativo

TJES vai publicar o resultado final do concurso para juiz até o dia 18
Pela segunda vez, a comissão da seleção adiou a divulgação da lista dos candidatos aprovados

Nerter Samora

04/02/2014 17:10 - Atualizado em 07/02/2014 14:28


O Tribunal de Justiça do Estado (TJES) adiou pela segunda vez a publicação do resultado final do concurso público para juiz substituto. A lista de aprovados deverá ser publicada somente no próximo dia 18. A expectativa inicial era de que a relação dos nomes dos 20 futuros magistrados fosse divulgada até esta terça-feira (4). De acordo com o presidente da banca da seleção, desembargador Fábio Clem de Oliveira, o adiamento se deve à abertura de novo prazo para interposição de recursos contra os procedimentos da prova oral.

De acordo com o Edital nº 32, publicado no Diário da Justiça, os candidatos interessados poderão, entre quarta-feira (4) e quinta-feira (5), interpor recurso contra a forma ou procedimentos da banca examinadora durante a arguição da provas da quarta etapa. Segundo o edital, no entanto, eles não poderão pedir a revisão das notas atribuídas. A sessão pública de julgamento dos recursos está marcada para o próximo dia 14, na sede do TJES.

Segundo informações do TJES, o resultado final do concurso será publicado no Diário Oficial do Estado e no Diário da Justiça Eletrônico, além de divulgado na página do concurso na internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/tj_esjuiz2011.

O presidente do tribunal, desembargador Sérgio Bizzotto Pessoa de Mendonça, anunciou que pretende nomear os 20 juízes aprovados na seleção ainda em fevereiro. Os novos magistrados devem contribuir para a redução do atual déficit de juízes estaduais, que já ultrapassa 140 vagas. A intenção do chefe do Judiciário capixaba é anunciar um novo concurso público para o cargo, logo após a conclusão da atual seleção.

O concurso público para juiz teve início em 2006, mas foi alvo de vários adiamentos por conta das suspeitas de fraudes, após a deflagração da Operação Naufrágio, no fim de 2008. O déficit de juízes foi destacado por Bizzotto como um dos principais desafios de sua gestão. Atualmente, 20 comarcas do Estado não tem juiz titular.

PUBLICIDADE

  

PUBLICIDADE

Editorial

Quem vai parar os Moulin?

Em mais uma atitude arbitrária, o juiz Carlos Magno Moulin grampeou ilegalmente uma advogada. A posterior condenação contou com a ajuda do primo, o também juiz Flávio Jabour Moulin

A laicidade do Estado é uma das principais forças na construção de uma sociedade equânime e justa

Coluna Do Phil

Diversidade religiosa I

A laicidade do Estado é uma das principais forças na construção de uma sociedade equânime e justa

Dinheiro para campanha, que rolava solto, deu uma tremenda secada

Rogério Medeiros

Olhos abertos

Dinheiro para campanha, que rolava solto, deu uma tremenda secada

O futebol brasileiro está em franca decadência

JR Mignone

A volta

O futebol brasileiro está em franca decadência

As empresas defendem que a prática é uma tendência global, já os sindicatos a apontam como um mecanismo de exploração dos trabalhadores

Geraldo Hasse

A terceirização em alta

As empresas defendem que a prática é uma tendência global, já os sindicatos a apontam como um mecanismo de exploração dos trabalhadores

BLOGS

Para apagar o passado, condena-se o futuro.

MOVIMENTO
Alvaro Nazareth

Açodamento indébito

Para apagar o passado, condena-se o futuro.