Faça do seculodiario.com sua home

Siga
Twitter Facebook RSS

PUBLICIDADE

Em denúncia ao MPF de São Mateus, quilombolas de Sapê do Norte relataram o cenário de destruição

Aracruz Celulose avança sobre áreas de preservação com seus correntões

O Grupo Anônimos de Teatro toma conta dos palcos da Má Companhia nos dias 29 e 30 para colocar o tema ‘encontro’ como ponto em comum de todas as viagens

Espetáculo Viajante chega à segunda semana de exibição em Vitória

A escadaria do Palácio Anchieta amanheceu pintada de vermelho; vigília denuncia a violência no Estado

Atos marcam Dia Internacional de Não Violência Contra a Mulher

Ivanilton Emiliano dos Santos, que era dono do Hotel Nobre, em Conceição da Barra, foi algemado e levado para delegacia de São Mateus

Delegado repreende PM que deteve ilegalmente ex-dono de hotel

A equipe de Hartung tem alertado que 2015 será um ano difícil para o Estado. O discurso, além de ''fritar'' a gestão de Casagrande, serve para justificar o adiamento das promessas de campanha

Situação financeira dos municípios alimenta cenário de crise no novo governo

Maratona Aquática atenta para poluição no mar da Capital
Organizador destaca que a praia continua sendo atingida por esgoto, situação que deveria ter sido corrigida pelo Águas Limpas até 2013

Any Cometti

07/02/2014 16:54 - Atualizado em 10/02/2014 10:16


A Associação dos Amigos da Praia de Camburi (AAPC) realiza, neste domingo (9), mais um evento em defesa da região. A Maratona Aquática pela Despoluição da Baía do Espírito Santo terá a largada da Praia da Costa, em Vila Velha, com concentração a partir das 7h30.
 
Os nadadores seguirão até a Praia de Camburi, na altura do Clube dos Oficiais. Antes será feita uma pausa na Ilha do Socó para um abraço simbólico. O Corpo de Bombeiros e outras embarcações, incluindo uma escuna, prestarão apoio aos 80 participantes da maratona, já previamente inscritos. Também haverá a assistência de uma ambulância e será montada uma tenda de apoio ao final do percurso.
 
Paulo Pedrosa, presidente da AAPC, lembra que a maratona é um protesto pela despoluição de todo o mar que banha a região da Grande Vitória, por isso, o percurso parte do município vizinho. A Praia de Camburi, relata, sofre com o derramamento de esgoto vindo da lagoa Pau Brasil, na Serra, e do Rio Santa Maria da Vitória, que deságua ao final da praia, no Canal da Passagem, debaixo da Ponte de Camburi.
 
Além disso, Pedrosa afirma que o projeto Águas Limpas, da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), deveria ter sido finalizado em 2013, conforme previsões da própria Cesan apresentadas nos anos de 2010 e 2011. Hoje, a Praia de Camburi continua sofrendo influência do esgoto doméstico. Pedrosa estima que cerca de 50% do efluente que era lançado na praia antes do início do projeto permanece tendo a localidade como destino final.
 
Outro problema persistente na Praia de Camburi é o passivo ambiental composto por pelotas e pó de minério de ferro da Vale, lançados ao mar na década de 1970. Segundo Pedrosa, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) pediram estudos complementares para a despoluição do local, que deverá ser feita pela própria mineradora. Esses estudos deverão ser entregues até o mês de março deste ano. A Vale já demonstrou que tem preferência pelo aterramento do material. Para a AAPC, essa solução não resolve o problema, já que, dessa forma, o minério continuará degradando a região. A associação quer que a Vale faça a dragagem e o descarte seguro do material.

PUBLICIDADE

  

PUBLICIDADE

A possibilidade de recondução de Ferraço à presidência da Assembleia fortaleceria o Legislativo, mas isso não vai acontecer

Renata Oliveira

Manobra

A possibilidade de recondução de Ferraço à presidência da Assembleia fortaleceria o Legislativo, mas isso não vai acontecer

E ainda se perguntam por que os dinossauros se auto-extinguiram

Wanda Sily

Todo tempo conta

E ainda se perguntam por que os dinossauros se auto-extinguiram

Os mafiosos em campanha ignoram que desde a ditadura militar o Brasil financia obras no exterior

Geraldo Hasse

'Obras prontas do PT'

Os mafiosos em campanha ignoram que desde a ditadura militar o Brasil financia obras no exterior

BLOGS

TST reverte decisão de dissídio de motoristas.

MOVIMENTO
Alvaro Nazareth

Resultado da forçada

TST reverte decisão de dissídio de motoristas.