Faça do seculodiario.com sua home

Siga
Twitter Facebook RSS

PUBLICIDADE

Prefeituta de Aracruz
Livro Polmeranos
Para o Sindipúblicos, a lei de greve foi desvirtuada e a decisão judicial não levou em consideração os pleitos da categoria

Greve dos servidores públicos ocorrida em abril é considerada ilegal

Sem data marcada, Iema, MPES e Prefeitura de Vila Velha vão se reunir para decidir que ações tomar em relação à Liquiport

Prazo para retirada de tanques em Paul se esgotou há um mês

O procurador-geral de Justiça, Eder Pontes, entrou com Adin contra lei estadual que garante remuneração e benefícios iguais para membros do MPC

Ministério Público quer barrar isonomia com membros do MP de Contas

Porto está planejado para ser instalado em área protegida por lei estadual e deveria ter passado pelo Conselho Estadual de Cultura

MPF realizará audiência sobre porto da Petrocity na próxima semana

Marina Silva tem aparecido nos programas do socialista, já o ex-governador não cita seu candidato Aécio Neves

Casagrande usa imagem de presidenciável enquanto Hartung evita ligação

Maratona Aquática atenta para poluição no mar da Capital
Organizador destaca que a praia continua sendo atingida por esgoto, situação que deveria ter sido corrigida pelo Águas Limpas até 2013

Any Cometti

07/02/2014 16:54 - Atualizado em 10/02/2014 10:16


A Associação dos Amigos da Praia de Camburi (AAPC) realiza, neste domingo (9), mais um evento em defesa da região. A Maratona Aquática pela Despoluição da Baía do Espírito Santo terá a largada da Praia da Costa, em Vila Velha, com concentração a partir das 7h30.
 
Os nadadores seguirão até a Praia de Camburi, na altura do Clube dos Oficiais. Antes será feita uma pausa na Ilha do Socó para um abraço simbólico. O Corpo de Bombeiros e outras embarcações, incluindo uma escuna, prestarão apoio aos 80 participantes da maratona, já previamente inscritos. Também haverá a assistência de uma ambulância e será montada uma tenda de apoio ao final do percurso.
 
Paulo Pedrosa, presidente da AAPC, lembra que a maratona é um protesto pela despoluição de todo o mar que banha a região da Grande Vitória, por isso, o percurso parte do município vizinho. A Praia de Camburi, relata, sofre com o derramamento de esgoto vindo da lagoa Pau Brasil, na Serra, e do Rio Santa Maria da Vitória, que deságua ao final da praia, no Canal da Passagem, debaixo da Ponte de Camburi.
 
Além disso, Pedrosa afirma que o projeto Águas Limpas, da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), deveria ter sido finalizado em 2013, conforme previsões da própria Cesan apresentadas nos anos de 2010 e 2011. Hoje, a Praia de Camburi continua sofrendo influência do esgoto doméstico. Pedrosa estima que cerca de 50% do efluente que era lançado na praia antes do início do projeto permanece tendo a localidade como destino final.
 
Outro problema persistente na Praia de Camburi é o passivo ambiental composto por pelotas e pó de minério de ferro da Vale, lançados ao mar na década de 1970. Segundo Pedrosa, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam) pediram estudos complementares para a despoluição do local, que deverá ser feita pela própria mineradora. Esses estudos deverão ser entregues até o mês de março deste ano. A Vale já demonstrou que tem preferência pelo aterramento do material. Para a AAPC, essa solução não resolve o problema, já que, dessa forma, o minério continuará degradando a região. A associação quer que a Vale faça a dragagem e o descarte seguro do material.

PUBLICIDADE

  

PUBLICIDADE

Editorial

Lei do silêncio

Imprensa nacional pede explicações sobre palestras de Marina. Enquanto isso, no Espírito Santo, Hartung segue calado sobre consultorias

Na polarização da disputa ao governo, um assunto é proibido: o ES-2030  continua sendo inquestionável pelos candidatos

Renata Oliveira

Intocável

Na polarização da disputa ao governo, um assunto é proibido: o ES-2030 continua sendo inquestionável pelos candidatos

A eleição presidencial se encaminha para um mano-a-mano entre duas mulheres

Geraldo Hasse

Bruxas soltas

A eleição presidencial se encaminha para um mano-a-mano entre duas mulheres

Empreendimentos da Manabi já têm aval do Ibama, só falta cumprir o protocolo

Manaira Medeiros

Dona do jogo

Empreendimentos da Manabi já têm aval do Ibama, só falta cumprir o protocolo

Em época de campanha política, fica a dica...

Ivana Medeiros Zon

O que dá voto?

Em época de campanha política, fica a dica...

A entidade divulgou um excelente panfleto sobre o plebiscito, mas a distribuição do material deixou a desejar

Caetano Roque

A CUT acordou e dormiu de novo

A entidade divulgou um excelente panfleto sobre o plebiscito, mas a distribuição do material deixou a desejar

BLOGS

E-mails não autorizados.

MOVIMENTO
Alvaro Nazareth

Sinal dos tempos

E-mails não autorizados.