Seculo

 

Portal Tela Cidadã sistematiza gastos dos deputados estaduais


10/10/2014 às 17:38
Agora é possível acessar os gastos de todos os parlamentares do Estado em um único local, por meio do Portal do Tela Cidadã, um projeto do Núcleo de Cidadania Digital (NCD) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).
 
No portal, qualquer um pode verificar os gastos dos parlamentares em diversas áreas, como assessoria, passagens e combustível. Ele também oferece gráficos dos gastos por bancada partidária e um ranking do orçamento dos parlamentares, por ano e mês. O portal ainda reserva ao internauta uma dose de humor. Os parlamentares recordistas em gastos "ganham" medalhas de ouro, prata ou bronze.
 
Escolhendo a opção “gastos totais” no ano de 2014, para a Assembleia Legislativa, o portal mostra que o maior gasto dos parlamentares, no geral, é o com combustível (R$ 283,3 mil) e que o Partido Verde é o que tem a maior média de gastos mensais por parlamentar (R$ 29,3 mil).
 
Na análise individual, o parlamentar com maior gasto total é Sandro Locutor (PV), que este ano já gastou R$ 41,8; seguido de José Esmeraldo (PR), com R$ 37,3 mil; e em terceiro lugar, Luzia Toledo (PMDB), que gastou R$ 30,2 mil.
 
O projeto surgiu na Ufes em 2009, antes mesmo da Lei de Acesso a Informação entrar em vigor no país, já com a ideia de reunir em um único espaço informações de interesse público. Embora os órgãos públicos sejam obrigados a garantir o acesso a informações relativas à administração por meio dos portais de transparência, muitos órgãos da administração pública não oferecem um mecanismo de busca prático e intuitivo, dificultando o acesso do internauta, que acaba não acessando a informação ou desistindo no meio do caminho.
 
A proposta do Tela Cidadã é divulgar as informações disponibilizadas por diferentes órgãos públicos relacionadas a gastos dos parlamentares. O portal reúne todos esses dados em um único local, de maneira mais fácil e didática que os portais oficiais. O projeto é supervisionado pelo professor responsável pelo NCD, Roberto Simões. O desenvolvimento dos programas e alimentação dos dados são de responsabilidade dos alunos.
 
Atualmente, estão disponíveis as informações sobre o poder legislativo, mas futuramente o portal deve expandir para os outros poderes do Estado e instituições. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Bicho-papão
O ajuste fiscal de Paulo Hartung precisa do exemplo do Rio de Janeiro tanto para cortar quanto para supervalorizar a liberação de recursos
Renata Oliveira
Majeski deve bater asas
Pelo andar da carruagem da disputa pela presidência do PSDB estadual, a história do deputado com o partido caminha para um melancólico fim
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
Caetano Roque
Emprego de ficção
Diariamente vagas e mais vagas são prometidas nos jornais e onde está o sindicato para cobrar isso
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Bicho-papão

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento