Seculo

 

Portal Tela Cidadã sistematiza gastos dos deputados estaduais


10/10/2014 às 17:38
Agora é possível acessar os gastos de todos os parlamentares do Estado em um único local, por meio do Portal do Tela Cidadã, um projeto do Núcleo de Cidadania Digital (NCD) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).
 
No portal, qualquer um pode verificar os gastos dos parlamentares em diversas áreas, como assessoria, passagens e combustível. Ele também oferece gráficos dos gastos por bancada partidária e um ranking do orçamento dos parlamentares, por ano e mês. O portal ainda reserva ao internauta uma dose de humor. Os parlamentares recordistas em gastos "ganham" medalhas de ouro, prata ou bronze.
 
Escolhendo a opção “gastos totais” no ano de 2014, para a Assembleia Legislativa, o portal mostra que o maior gasto dos parlamentares, no geral, é o com combustível (R$ 283,3 mil) e que o Partido Verde é o que tem a maior média de gastos mensais por parlamentar (R$ 29,3 mil).
 
Na análise individual, o parlamentar com maior gasto total é Sandro Locutor (PV), que este ano já gastou R$ 41,8; seguido de José Esmeraldo (PR), com R$ 37,3 mil; e em terceiro lugar, Luzia Toledo (PMDB), que gastou R$ 30,2 mil.
 
O projeto surgiu na Ufes em 2009, antes mesmo da Lei de Acesso a Informação entrar em vigor no país, já com a ideia de reunir em um único espaço informações de interesse público. Embora os órgãos públicos sejam obrigados a garantir o acesso a informações relativas à administração por meio dos portais de transparência, muitos órgãos da administração pública não oferecem um mecanismo de busca prático e intuitivo, dificultando o acesso do internauta, que acaba não acessando a informação ou desistindo no meio do caminho.
 
A proposta do Tela Cidadã é divulgar as informações disponibilizadas por diferentes órgãos públicos relacionadas a gastos dos parlamentares. O portal reúne todos esses dados em um único local, de maneira mais fácil e didática que os portais oficiais. O projeto é supervisionado pelo professor responsável pelo NCD, Roberto Simões. O desenvolvimento dos programas e alimentação dos dados são de responsabilidade dos alunos.
 
Atualmente, estão disponíveis as informações sobre o poder legislativo, mas futuramente o portal deve expandir para os outros poderes do Estado e instituições. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Tabuleiro de 2018

Ele já negou intenção de deixar o PT ou mudanças de planos, mas movimentações de Givaldo continuam chamando atenção do mercado político

OPINIÃO
Editorial
Fosso social
No Espírito Santo, população negra é mais vulnerável à violência, é maioria no sistema carcerário e nas filas de desempregados
Renata Oliveira
Solidão sem fim
A oposição de Majeski na Assembleia não encontra coro entre os pares, nem no grupo arredio
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Caetano Roque
A força da CUT
É hora de a Central assumir sua função de agregadora dos trabalhadores e das bandeiras de luta
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

'Orgânico não tem que ser caro'

Tabuleiro de 2018

Conselheiro José Antônio Pimentel vira réu em ação penal por corrupção

Eleição da nacional alimenta divisão no PSDB capixaba

Cariacica pode ter redistribuição de votos para disputa eleitoral de 2018