Seculo

 

Fora da ordem


14/01/2016 às 16:09
Uma reunião no último dia 7 entre advogados do PCdoB e o presidente da seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES) Homero Mafra tinha as mais elevadas intenções: unir forças para elaborar uma ação contra a Samarco em defesa das comunidades ribeirinhas de Baixo Guandu, município, cujo prefeito é o comunista Neto Barros, enlameado pelo crime ambiental de Mariana (MG) . Mas Mafra pulou do barco. Quem esteve na reunião garante ter ouvido as seguintes palavras saltarem, uma a uma, da boca do presidente: “Se for para enfrentar a empresa e o governo, a Ordem não entra, porque tem advogado dos dois lados”. Não foi a primeira vez que Homero pulou do barco no caso do crime ambiental da Samarco. No início de dezembro, a Ordem pediu a retirada de sua assinatura no manifesto do Fórum Capixaba de Entidades em Defesa da Bacia do Rio Doce, criado logo após a tragédia pela Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Vitória. Homero considerou “duro” o texto. Logo após, os dois representantes da Ordem sumiram das reuniões semanais do fórum. Com todo o respeito, duro é submeter o maior crime ambiental brasileiro a melindres corporativistas. Duro, não: duríssimo.
 
Falando em OAB-ES...
O valor da anuidade da Ordem foi mantido em R$ 760,83. A anuidade foi um dos principais temas da eleição do ano passado para a presidência da entidade, os candidatos debatendo se o valor era justo, se não era justo. Rendeu debates acalorados.  
 
Ironia do destino
A Secretaria Estadual de Agricultura (Seag) publicou no Diário Oficial desta quinta-feira (14) a suspensão do edital de contratação de empresa para serviços de conservação das rodovias do programa Caminhos do Campo. Engraçado que o programa foi a menina dos olhos do hoje vice-governador César Colnago (PSDB) quando secretário de Agricultura da primeira Era Hartung, que serviu-lhe de bom trampolim. 
 
Assim é mole
Na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) é pura marotice para promover sua gestão. Anda espalhando pela cidade placas com anúncio de obras. Beleza. Mas obra concluída, mesmo, não há nenhuma. Basta ler a placa com atenção: é tudo ordem de serviço.     
 
Noiva em fuga
Pelo visto todo mundo quer o PMDB na eleição para a Prefeitura de Vitória: o PSDB quer, o PT também. Mas, também pelo visto, o deputado federal Lelo Coimbra (PMDB) não arreda o pé de sua candidatura por nada neste mundo. Não quer saber de flertes. Desdenha todo e qualquer pretendente.
 
PSD em Vitória
Tem uma coisa interessante no PSD: lá atrás, o presidente do partido, Zé Carlinhos da Fonseca, disse que havia decisão de que o candidato à prefeitura de Vitória seria o deputado estadual Enivaldo dos Anjos. Agora circula a história de há uma disputa interna para a candidatura. É que o vereador de Vitória Max da Mata nunca desistiu de ser candidato. Estão enquadrando Enivaldo? 
 
Mudando de assunto...
Mas e o Zé Carlinhos, o que ele quer da vida? Ser deputado federal novamente? 
 
Menos mal
Há uma boa notícia nessa do governo estadual abrigar uma Escola Viva na Unidade Municipal de Ensino Fundamental (Umef) Paulo Mares Guia, em Cobilândia, Vila Velha: pelo menos não se vai fazer graça com o elefante branco alheio. A primeira unidade do projeto, em São Pedro, Vitória, está abrigada na antiga Faesa, de propriedade de Alexandre Theodoro, que por sua vez é membro da ONG Espírito Santo em Ação, que por sua vez é parceira do Escola Viva. Que moleza.
 
Onde anda você
Por onde onda, afinal: Lucas Izoton? O restaurante giratório na cúpula do prédio da Findes, um inseto gigante de metal, é ideia dele quando diretor da entidade e agora foi definitivamente abortado. E como será que andam seus projetos imobiliários em Pedra Azul? 
 
Quem fala muito...
Uma dúvida: não é a Findes que vive lamuriando os erros, desmandos e desajustes do poder público? Não são os empresários os deuses gregos da eficiência? Dia sim, outro também, o atual presidente Marcos Guerra aparece nos jornais repisando essa cantilena. Agora, está aí, passando vergonha a céu aberto. 
 
140 toques
“Onde era mato, abandono, escuridão e insegurança, hoje é uma linda Praça em Santa Martha com internet grátis!”. O prefeito de Vitória Luciano Rezende (PPS) no twitter, se esforçando para ganhar a simpatia dos bairros populares de Vitória. Depois da lambança do Integra Vitória, vai precisa de mais que uma praça.
 
Pensamento
“Um homem honesto não pode sentir prazer no exercício do poder sobre seus concidadãos”. Thomas Jefferson

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Cara e crachá

Uns publicaram vídeos e notas nas redes sociais, outros só notas, outros nada. Mas a CPI da Lava Jato continua na conta dos deputados arrependidos

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

‘Lutava contra um sistema podre e falido com os braços amarrados. Agora estou livre’

Visita de interlocutores de Hartung a Rodrigo Maia sinaliza mudança de cenário

Juiz Leopoldo mais próximo de ir a Júri Popular por assassinato de Alexandre Martins

Hartung, o suspense

Contrato do governo do Estado com a Cetesb sobre poluição do ar continua sigiloso