Seculo

 

Psicólogos capixabas querem a saída do ministro de Saúde por causa de nomeação


04/03/2016 às 16:36
O Conselho Regional de Psicologia do Espírito Santo (CRP-ES) reunirá os profissionais do Estado para discutir as articulações para pedir a saída do ministro da Saúde Marcelo Castro (PMDB). Para CRP, ele demonstrou não ter compromisso com a pauta da reforma psiquiátrica e com o fim dos manicômios. 
A insatisfação dos psicólogos com o ministro foi motivada pela nomeação de Valencius Wurch para a Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, em dezembro do ano passado. Wurch dirigiu por 10 anos o maior manicômio da América Latina, a Casa de Saúde Dr. Eiras de Paracambi, no Rio de Janeiro, fechada por ordem judicial em 2012 por violação de direitos humanos.
Os encontros deste final de semana que vão discutir a questão acontecem no auditório do Incaper, em Vitória, das 14 às 17 horas; no sábado (5), das 9 às 12 horas, na Multivix de São Mateus; e no dia 12 de março, das 9 às 12 horas na Faculdade Pitágoras de Linhares.
As atividades do fim de semana fazem parte do Congresso Regional de Psicologia (4º Corep), que acontecerá em abril, e são chamadas de Pré-Coreps. 
Além de discutir as estratégias para afastar o ministro, os pré-congressos que começam neste fim de semana farão a defesa da laicidade da profissão, com afastamento completo das influências de convicções religiosas da atuação do profissional, rechaçando práticas como a chamada “cura gay”, por exemplo, que não encontra nenhum respaldo científico legitimado pela profissão.
Também será defendida a despatologização da identidade trans com a revogação da necessidade de laudos psicológicos atestando doença para que as pessoas transexuais façam a retificação de seus nomes. A visibilidade trans passa pela retificação do registro civil e é preciso dialogar com os movimentos, com as pessoas trans e com os operadores do Direito para a desconstrução da necessidade de um CID (Classificação Internacional de Doenças), o que muitas vezes ainda é exigido no Poder Judiciário.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Bicho-papão
O ajuste fiscal de Paulo Hartung precisa do exemplo do Rio de Janeiro tanto para cortar quanto para supervalorizar a liberação de recursos
Renata Oliveira
Majeski deve bater asas
Pelo andar da carruagem da disputa pela presidência do PSDB estadual, a história do deputado com o partido caminha para um melancólico fim
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
Caetano Roque
Emprego de ficção
Diariamente vagas e mais vagas são prometidas nos jornais e onde está o sindicato para cobrar isso
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Bicho-papão

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento