Seculo

 

Psicólogos capixabas querem a saída do ministro de Saúde por causa de nomeação


04/03/2016 às 16:36
O Conselho Regional de Psicologia do Espírito Santo (CRP-ES) reunirá os profissionais do Estado para discutir as articulações para pedir a saída do ministro da Saúde Marcelo Castro (PMDB). Para CRP, ele demonstrou não ter compromisso com a pauta da reforma psiquiátrica e com o fim dos manicômios. 
A insatisfação dos psicólogos com o ministro foi motivada pela nomeação de Valencius Wurch para a Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas, em dezembro do ano passado. Wurch dirigiu por 10 anos o maior manicômio da América Latina, a Casa de Saúde Dr. Eiras de Paracambi, no Rio de Janeiro, fechada por ordem judicial em 2012 por violação de direitos humanos.
Os encontros deste final de semana que vão discutir a questão acontecem no auditório do Incaper, em Vitória, das 14 às 17 horas; no sábado (5), das 9 às 12 horas, na Multivix de São Mateus; e no dia 12 de março, das 9 às 12 horas na Faculdade Pitágoras de Linhares.
As atividades do fim de semana fazem parte do Congresso Regional de Psicologia (4º Corep), que acontecerá em abril, e são chamadas de Pré-Coreps. 
Além de discutir as estratégias para afastar o ministro, os pré-congressos que começam neste fim de semana farão a defesa da laicidade da profissão, com afastamento completo das influências de convicções religiosas da atuação do profissional, rechaçando práticas como a chamada “cura gay”, por exemplo, que não encontra nenhum respaldo científico legitimado pela profissão.
Também será defendida a despatologização da identidade trans com a revogação da necessidade de laudos psicológicos atestando doença para que as pessoas transexuais façam a retificação de seus nomes. A visibilidade trans passa pela retificação do registro civil e é preciso dialogar com os movimentos, com as pessoas trans e com os operadores do Direito para a desconstrução da necessidade de um CID (Classificação Internacional de Doenças), o que muitas vezes ainda é exigido no Poder Judiciário.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Cara e crachá

Uns publicaram vídeos e notas nas redes sociais, outros só notas, outros nada. Mas a CPI da Lava Jato continua na conta dos deputados arrependidos

OPINIÃO
Editorial
A Ponte da Discórdia
Terceira Ponte entra novamente no centro dos debates políticos em ano eleitoral. Enquanto isso, a Rodosol continua rindo à toa...
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Conto surrealista
''virei pasta para entrar mais fácil na pintura de Dalí''
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

‘Lutava contra um sistema podre e falido com os braços amarrados. Agora estou livre’

Visita de interlocutores de Hartung a Rodrigo Maia sinaliza mudança de cenário

Juiz Leopoldo mais próximo de ir a Júri Popular por assassinato de Alexandre Martins

Hartung, o suspense

Agenda Cultural: festa do Caboclo Bernardo em Linhares