Seculo

 

Compulsões e seus efeitos


27/09/2016 às 13:02
A compulsão é a repetição com um exagero do comportamento, do hábito, gerando um transtorno pelo descontrole provocado.

Das compulsões existentes apontamos aqui algumas, como por compras, jogo, drogas e a sexual.

A compulsão por compras é regida pelo impulso, pelo desejo de comprar somado ao ato, sem que se imponha nesta relação nenhum “freio”.

Compra-se cada vez mais, sem analisar se precisa e se pode financeiramente comprar, movido por uma ansiedade que só passa a partir do ato de comprar. Feita a compra neste molde, vem um sentimento profundo de vazio, que precisa ser preenchido por outro desejo, o quanto antes.

A compulsão por jogo provoca no indivíduo um comportamento semelhante a anterior, com diferenças, envolvendo estratégias para ir até o jogo. A omissão, a mentira e até mesmo o roubo fazem parte deste transtorno.

A compulsão por drogas acende um desejo incessante de usar substâncias psicoativas tanto para vencer a timidez, para encorajar, chegando à dependência orgânica, quando o corpo passa a pedir mais e mais. Quando os sintomas são crescentes os limites distanciam-se destes indivíduos gradativamente, ficando sem regras e também sem uma rotina de vida. Vemos na sociedade atual muitos jovens “zumbis”, vagando pelas ruas, anestesiados por drogas cada vez mais potentes e muitos deles têm famílias em casa sofrendo as consequências.

A compulsão sexual é um transtorno que também gera um descontrole pelo “vício”, comprometendo a vida social, as relações familiares, o trabalho/emprego, a saúde e as finanças. Obcecado por satisfazer a qualquer custo a sua necessidade, usam e abusam da internet, gastam com parceiros e quando não se satisfazem, partem para outros, aumentando o risco de contraírem doenças sexualmente transmissíveis.

Em todas as compulsões o dinheiro é usado sem razão, para saciar, motivado pelos impulsos delas e pela urgência que os vícios impõem.  Compram mais produtos, drogas lícitas e ilícitas, apostam mais e gastam mais para terem o sexo e se saciarem momentaneamente. Em alguns casos há compulsões cruzadas, aumentando o problema.

Com o passar do tempo e sem tratamento adequado estas compulsões comprometem a vida, as relações e as finanças dos indivíduos vitimados e também de suas famílias.  Considerando isso, o tratamento preconizado é médico-psiquiátrico, geralmente com a prescrição de medicamentos controlados, atrelado também à psicoterapia e a participação em grupos anônimos de mútua ajuda, que é um recurso terapêutico: Grupos Devedores Anônimos, Compradores Compulsivos, Jogadores Anônimos, Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Dependentes de Amor e Sexo, que utilizam os doze passos dos Alcoólicos Anônimos.

A compulsão é um comportamento exacerbado, extremo, que chega a cegar àquele que é acometido por este mal, mas tem tratamento e controle, reduzindo assim os riscos das suas consequências.

Atenção a esses casos!

______________________________________________________________________________________________________
 
Ivana Medeiros Zon, Assistente Social, especialista em Saúde da Família e em Saúde Pública,  educadora financeira, palestrante, consultora, colunista do jornal eletrônico www.seculodiario.com https://sites.google.com/site/saudefinanceiraivanamzon/

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
A bolha de Luciano

Prefeito comemora o Carnaval de Vitória ''sem ocorrências policiais'' e exagera: ''a paz venceu o medo''. Claro - que não!

OPINIÃO
Editorial
Acabou o teatro
O governo disse que não negocia mais com as mulheres dos PMs. Nenhuma novidade. Hartung nunca quis buscar uma saída negociada para a crise
Renata Oliveira
Não cola mais
O governador Paulo Hartung tem sua imagem desconstruída em nível nacional
Ivana Medeiros Zon
Vacilou, dançou
Idosos são alvos crescentes de tentativas de golpes
JR Mignone
Retrocesso
Temo pelo futuro do rádio e dou motivo ao título deste artigo
Nerter Samora
Benesse exposta
Em meio do caos da segurança pública, a questão dos incentivos fiscais da Era Hartung volta à tona
Caetano Roque
O que é mais importante?
Movimento sindical perdeu chance de ouro de colocar contra a parede o projeto neoliberal de Hartung
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Crianças trans... Trans - Encontro com Fátima Bernardes.
Flânerie

Manuela Neves

As primeiras artes de Luizah Dantas nas paredes da casa de Branca
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Os tanques de guerra e a marcha dos insensatos
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Flamingos no quintal
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Governo só retoma negociações se mulheres desbloquearem batalhões da PM

Com maioria, Coser não terá problema para se reeleger presidente do PT capixaba

Base do governo na Assembleia barra sessão especial sobre crise na segurança

Não cola mais

CNJ inicia trabalhos de inspeção no Tribunal de Justiça capixaba