Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Compulsões e seus efeitos


27/09/2016 às 13:02
A compulsão é a repetição com um exagero do comportamento, do hábito, gerando um transtorno pelo descontrole provocado.

Das compulsões existentes apontamos aqui algumas, como por compras, jogo, drogas e a sexual.

A compulsão por compras é regida pelo impulso, pelo desejo de comprar somado ao ato, sem que se imponha nesta relação nenhum “freio”.

Compra-se cada vez mais, sem analisar se precisa e se pode financeiramente comprar, movido por uma ansiedade que só passa a partir do ato de comprar. Feita a compra neste molde, vem um sentimento profundo de vazio, que precisa ser preenchido por outro desejo, o quanto antes.

A compulsão por jogo provoca no indivíduo um comportamento semelhante a anterior, com diferenças, envolvendo estratégias para ir até o jogo. A omissão, a mentira e até mesmo o roubo fazem parte deste transtorno.

A compulsão por drogas acende um desejo incessante de usar substâncias psicoativas tanto para vencer a timidez, para encorajar, chegando à dependência orgânica, quando o corpo passa a pedir mais e mais. Quando os sintomas são crescentes os limites distanciam-se destes indivíduos gradativamente, ficando sem regras e também sem uma rotina de vida. Vemos na sociedade atual muitos jovens “zumbis”, vagando pelas ruas, anestesiados por drogas cada vez mais potentes e muitos deles têm famílias em casa sofrendo as consequências.

A compulsão sexual é um transtorno que também gera um descontrole pelo “vício”, comprometendo a vida social, as relações familiares, o trabalho/emprego, a saúde e as finanças. Obcecado por satisfazer a qualquer custo a sua necessidade, usam e abusam da internet, gastam com parceiros e quando não se satisfazem, partem para outros, aumentando o risco de contraírem doenças sexualmente transmissíveis.

Em todas as compulsões o dinheiro é usado sem razão, para saciar, motivado pelos impulsos delas e pela urgência que os vícios impõem.  Compram mais produtos, drogas lícitas e ilícitas, apostam mais e gastam mais para terem o sexo e se saciarem momentaneamente. Em alguns casos há compulsões cruzadas, aumentando o problema.

Com o passar do tempo e sem tratamento adequado estas compulsões comprometem a vida, as relações e as finanças dos indivíduos vitimados e também de suas famílias.  Considerando isso, o tratamento preconizado é médico-psiquiátrico, geralmente com a prescrição de medicamentos controlados, atrelado também à psicoterapia e a participação em grupos anônimos de mútua ajuda, que é um recurso terapêutico: Grupos Devedores Anônimos, Compradores Compulsivos, Jogadores Anônimos, Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Dependentes de Amor e Sexo, que utilizam os doze passos dos Alcoólicos Anônimos.

A compulsão é um comportamento exacerbado, extremo, que chega a cegar àquele que é acometido por este mal, mas tem tratamento e controle, reduzindo assim os riscos das suas consequências.

Atenção a esses casos!

______________________________________________________________________________________________________
 
Ivana Medeiros Zon, Assistente Social, especialista em Saúde da Família e em Saúde Pública,  educadora financeira, palestrante, consultora, colunista do jornal eletrônico www.seculodiario.com https://sites.google.com/site/saudefinanceiraivanamzon/

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Tem, sim!

Não escapou Hartung nem Baianinho dos protestos de desta sexta-feira no Estado

OPINIÃO
Editorial
A PM sendo PM
Depois de estarem do “outro lado do balcão, policiais militares voltam a recorrer à violência para reprimir greve geral dos trabalhadores no ES
Renata Oliveira
O que esperar de PH para 2018?
A história do Baianinho pegou e dificulta o caminho eleitoral do governador
Geraldo Hasse
Os apuros do rei da petroquímica
A ascensão da Braskem faz lembrar o ditado: tudo que sobe rápido demais, desce ligeirinho
Lídia Caldas
Como ter um coração saudável?
Curioso que algumas coisas que hoje são heresias amanhã podem se tornar dogmas
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna, em transição
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Aniversário devia ser feriado
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

O que esperar de PH para 2018?

Justiça absolve ex-secretário Neivaldo Bragato de acusação de improbidade

Prefeitura publica edital para alienação do Saldanha da Gama

Projetos prejudiciais ao governo adormecem na pauta da Assembleia

Prefeitura realiza audiência pública sobre condomínio de luxo na Bacutia