Seculo

 

ONGs questionam autorização para construção de condomínio na Bacutia


08/11/2016 às 17:50
A construção de um condomínio de luxo, com 22 casas duplex, no alto do morro da Praia da Bacutia, em Guarapari, está sendo questionado por ONGs e moradores da região.

Como os demais costões rochosos do sul do Estado, o Morro da Bacutia é tombado pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC), sendo necessário autorização do Conselho, o que ainda não aconteceu.

O corte raso da vegetação foi autorizado pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e o empreendimento possui licença da prefeitura.

A Associação de Moradores da Enseada Azul (Ameazul) alega, também, em suas ações judiciais, que se trata de Área de Preservação Permanente (APP), precisando, por isso, de autorização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“É um absurdo! O Morro é tombado”, reclama o presidente da Ameazul, Manoel Gonçalves. A Associação entrou com processo na Justiça Federal, que o encaminhou para a Justiça Estadual.

O diretor da ONG Sociedade Gaia Religare, Mateus da Costa, solicitou o processo na Prefeitura e orienta, a princípio, que a Pacífico Empreendimentos apresente o projeto ao Conselho Municipal de Meio Ambiente e também à população, por meio de uma reunião pública.

Nas redes sociais, moradores denunciam a postura dos órgãos públicos em aprovar a devastação da vegetação e a construção do condomínio.

A Enseada Azul é palco,  anos, de vários outros projetos imobiliários polêmicos. A Ameazul e outros grupos da sociedade civil organizada local lutam para manter as características bucólicas e o diferencial turístico da região, evitando que prédios mais altos tragam problemas de redução de ventilação e insolação que afetam balneários como a Praia do Morro, em Guapari, e a Praia da Costa, em Vila Velha

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

OPINIÃO
Editorial
Maquiagem oficial
Depois de episódios de repressão, governo Hartung tira a semana para valorizar uma das piores áreas de sua gestão: segurança pública
JR Mignone
Rádio Carnaval
'Taí' um dos poucos eventos em que o rádio perde feio para a televisão
Roberto Junquilho
O dia seguinte
O governador Paulo Hartung terá que se voltar mais intensamente à sua sucessão, depois de desfeito o sonho de ser vice de Luciano Huck
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Majeski busca sensibilizar presidente do TJES sobre fechamento de escolas

Repasses da prefeitura à Lieges já foram alvos de investigações no MPES e Polícia Civil

Mergulho profissional sem condições de segurança condena empresas no Estado

Maquiagem oficial

Imetame será tema de audiência pública em Aracruz