Seculo

 

Ano de eleição


22/11/2016 às 10:52

O próximo ano será de eleições em vários sindicatos importantes do Estado. Neste sentido, a coluna quer alertar os trabalhadores para ficarem ligados nas chapas que vão ser formadas. Isso porque, boa parte dos sindicatos estão fazendo uma nefasta parceria com a classe empresarial. Eles tentam se manter no poder para manter essa aliança firme. E advinha quem perde com isso? O trabalhador.

Na prática, o movimento sindical está dando um tiro no pé. Os empresários não mexem no imposto sindical, já que quem leva vantagem com isso são eles mesmos. É por meio dele, que o patronato controla os sindicatos, cooptando as lideranças em troca da manutenção perpétua à frente das entidades sindicais.

O sinal mais claro disso é que o governo golpista nem fala nisso. Fala-se em uma série de perdas de direitos trabalhistas, como o fim da aposentadoria, por exemplo, mas não quer acabar com a moeda de troca entre o capital e o movimento sindical, que é o imposto.

A coluna sempre se colocou contra o imposto. Sempre defendeu que o fim do imposto, significa a liberdade para que o meio sindical possa se comprometer com a bandeira de luta para a qual foi criado: a defesa dos interesses do trabalhador.

Agora, para que isso aconteça, é preciso que os trabalhadores tomem conta daquilo que é deles. Precisam entender a importante ferramenta que têm nas mãos, se informar e cobrar das direções de seus sindicatos uma postura mais aguerrida, sem conchavos. Quando mais o trabalhador se afasta do sindicato, mas espaço dá para que o capital influa dentro da entidade.

Por isso, com a proximidade de 2017, o trabalhador precisa conhecer os integrantes de cada chapa e as propostas de cada grupo, para que depois possam cobrar os compromissos feitos durante a campanha eleitoral nos sindicatos.

O momento político pelo qual passa o País é crítico e as ameaças aos direitos dos trabalhadores são iminentes. Por isso, o processo de eleições de 2017 é tão importante. É hora de voltar às origens do movimento sindical, voltar à luta para evitar um retrocesso seja político, seja trabalhista.

A hora é de mudança já!

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Demandas na mesa
Novo presidente da Assembleia terá o desafio de criar condições de visibilidade para deputados
Geraldo Hasse
A madre superiora manda recado
Tirar das cadeias os presos provisórios pode ser o primeiro passo para a implantação da Justiça
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Mais que mil palavras!
Flânerie

Manuela Neves

As primeiras artes de Luizah Dantas nas paredes da casa de Branca
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Não basta excluir os pobres, é preciso matá-los?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A posição astral para 2017
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Erick Musso já teria os votos para ser eleito presidente da Assembleia

Histórico da Amunes favorece Zanon na disputa com Gilson Daniel

Sindicato pede mais tempo para reorganização de pessoal na Justiça capixaba

Movimento Nacional dos Direitos Humanos no ES vai debater situação do sistema prisional capixaba

Febre amarela já pode ter vitimado mais de mil macacos no Espírito Santo