Seculo

 

Trabalhadores da Viação Itapemirim protestam por pagamento de verbas rescisórias


29/12/2016 às 14:03
Os funcionários da viação Itapemirim, que entrou com pedido de recuperação judicial em março deste ano, protestaram na noite desta terça-feira (28), pelo pagamento das verbas rescisórias. Além das verbas rescisórias, os funcionários ficaram sem salários e tíquetes alimentação.

Os trabalhadores se manifestaram em frente ao presépio da Viação, em Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Estado.

A empresa alegou, quando entrou com o pedido de recuperação judicial, a existência de mais de R$ 300 milhões em dívidas. O pedido de recuperação envolvia as empresas Viação Itapemirim S/A, Transportadora Itapemirim S/A, ITA – Itapemirim Transportes S/A, Imobiliária Branca Ltda, Cola Comercial e Distribuidora Ltda e Flexa S/A – Turismo Comércio e Indústria.

Este processo, no entanto, não incluiu a Viação Kaissara, que anunciou ter adquirido 40% da frota de veículos da Itapemirim no segundo semestre do ano passado. A Viação Itapemirim e a Kaissara se confundem até mesmo na cor dos ônibus e a Kaissara utiliza a garagem da Itapemirim, localizada próxima ao Trevo de Alto Laje, às margens da BR-262 no trecho urbano de Cariacica, para estacionamento dos ônibus.

Em abril do ano passado, a ANTT autorizou a transferência dos serviços entre a Viação Itapemirim e a Viação Caiçara. Ao todo, cerca de 70 rotas foram repassadas à nova empresa, entre eles, as linhas mais expressivas – Rio de Janeiro x São Paulo, Recife x Rio de Janeiro, São Paulo x Curitiba, além de outros trechos como destino final em Salvador, Belo Horizonte e outras Capitais. O fato permitiu que, da noite para o dia, a Kaissara se tornasse uma das principais do setor no País.

Segundo informações do jornal Aqui Notícias, da região sul do Estado, nesta a Itapemirim  e a Kaissara foram vendidas e se tornarão uma só empresa. Em contato com a assessoria de imprensa das empresas, elas alegaram ao jornal que não se manifestariam sobre o assunto.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Tudo dominado'

Até agora, o terreno parece armado para permitir que César Colnago acumule a vice-governadoria com a presidência do PSDB no Estado. Só parece?

OPINIÃO
Editorial
Ajuste fiscal, a 'isca' do negócio
Hartung tem feito publicidade nacional para mostrar que o ES é o novo paraíso para investidores. Esconde, porém, os problemas internos, que não são poucos
Piero Ruschi
Risco à natureza gera efeito bolha em turismo de Santa Teresa
Desenvolvimento tem sido norteado pelo crescimento do turismo e seu potencial. Mas ‘corre solto’, o que pode ter um preço alto demais
Renata Oliveira
Tem que saber separar
Governador troca ministro por conversa com jornalistas, só para evitar Rose de Freitas
Gustavo Bastos
Swinging London
Um dos pontos de convergência em que a arte em geral se movia
Caetano Roque
Sindicalismo unilateral
O processo de debate no movimento sindical deve ser participativo, mas não é isso que vem acontecendo no país
JR Mignone
Proliferação de rádios na internet
Fazer rádio todo mundo gosta e quer fazer, mas fazer rádio de bom gosto ainda é difícil
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Este blog fica por aqui
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Algo de novo no ar
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

MPES arquiva investigação sobre nomeação de advogada em Aracruz

Hartung se reúne com Rodrigo Maia em Brasília

Tem que saber separar

O Martín Fierro de Jorge Luis Borges

Tribunal de Contas volta a cobrar informações sobre venda da Cesan