Seculo

 

Tesoura na mão


02/01/2017 às 16:03

O clima nas posses dos prefeitos da Grande Vitória nesse domingo (1) foi bem diferente de município para município. De coral com música religiosa, em Cariacica, à pancadaria na Serra, cada prefeito sentiu de forma diferente o calor do eleitorado no início do ano. Mas uma coisa se pode dizer que foi uniforme: o discurso de cortes.

Max Filho (PSDB) anunciou o contingenciamento de 20% de cargos comissionados e 30% do orçamento de Vila Velha. Juninho, em Cariacica,  e Luciano Rezende, em Vitória, ambos do PPS, vão bloquear 10% de cargos e Audifax Barcelos (Rede), que tem a situação menos complicada – financeiramente falando –, também vai governar “como economista”.

Os prefeitos se baseiam na expectativa de que a crise permanecerá em 2017 e por isso é preciso apertar o cinto. Até porque, todos eles têm expectativa políticas futuras e precisam de gestões equilibradas para terem cartas na manga.

Uma solução para eles seria realmente a união de forças em torno da efetivação da região metropolitana, um discurso que ganhou fôlego com o fim da eleição, mas que parece ter esfriado com a proximidade da posse. Resta saber se depois do recesso esse tema voltará a ser debatido como se deve.

Outro ponto que deverá ser observado é a rivalidade. Todos os prefeitos que agora assumem têm no seu pé lideranças que podem aumentar o tom das críticas sob qualquer pretexto. Os derrotados nas disputas do segundo turno – Marcelo Santos (PMDB), Cariacica; Sérgio Vidigal (PDT), Serra e Amaro Neto (SD), em Vitória – já chegaram até a se reunir para debater essa estratégia.

Seja administrativamente, seja politicamente, os prefeitos da Grande Vitória entendem que podem se apresentar para o futuro político do Estado, mas a construção deste caminho passa por gestões de resultado nas prefeituras. Neste sentido, o corte agora é importante, mas precisarão avançar já no segundo ano de gestão se quiserem aumentar seus capitais políticos.

Fragmentos:

1 – Na Câmara de Linhares, norte do Estado, a aprovação da chapa única, encabeçada por Ricardo Bonomo (SD) não teve dificuldade na eleição, mas a divisão das comissões permanentes travou e uma nova sessão acontece nesta segunda-feira (2) para definir os cargos.

2 – Os vereadores de Vila Velha acabaram espremidos em um canto do palanque montado no Centro de Convenções de Vila Velha. O espaço foi bom, mas a visibilidade dos legisladores não foi grande.

3 – A deputada Raquel Lessa (SD) mudou de gabinete. A partir de agora, ela deixa o sétimo andar da Assembleia legislativa, e passa a atender no gabinete 902 que era do então deputado Edson Magalhães (PMDB). O antigo gabinete agora será ocupado pelo deputado Esmael de Almeida (PMDB).

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Caravana do Amaro

Com a consolidação do movimento em torno de Amaro Neto, deputados partem agora para suas bases eleitorais, exibindo o porta-estandarte de 2018

OPINIÃO
Editorial
A ‘súmula Zenkner’
O desfecho do caso do promotor que queria passar um ano nos Estados Unidos mostrou a importância do papel da imprensa de fiscalizar os agentes públicos
Piero Ruschi
Crise Ambiental
Apesar de ser abençoado pela ausência de desastres naturais como vulcões, terremotos e tufões, o Brasil amarga a desgraça de suas catástrofes ambientais
Renata Oliveira
Amaro assusta?
Os senadores Ricardo Ferraço e Magno Malta tiveram reações diferentes ao movimento do deputado
JR Mignone
Rádio saúde
Nova rádio na web mostra que esse segmento deve crescer na internet
Caetano Roque
A nova do imposto sindical
Como o Movimento Sindical não foi protagonista no processo, agora o recurso virou moeda de troca na mão do capital
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Força Nacional e o marketing de uma falsa segurança
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Sopa de Letrinhas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Justiça condena Gildevan Fernandes à perda do mandato por fraude em licitação

Ministério Público pede rejeição das contas de oito prefeituras em 2015

Caravana do Amaro

Ex-presidente da Câmara de Vereadores Viana é condenado a ressarcir erário

Recorde de baleias jubartes encalhadas mostra falhas no processo de monitoramento e resgate