Seculo

 

Fim da era?


09/01/2017 às 16:55

O deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM) surpreendeu novamente. Embora, parte do governo ainda esteja cética em relação a essa movimentação, pelo jeito o presidente da Assembleia está mesmo disposto a deixar livre a cadeira para que outro a ocupe. Mas isso significa que ele vai deixar de ter influência no pleito?

A movimentação coincide com o momento em que o governador Paulo Hartung (PMDB) começa as conversas com os deputados sobre o processo eleitoral na Assembleia. E como a movimentação de saída parte do próprio Ferraço, não há rusgas a ser aparadas entre ele e o Executivo. Ferraço poderia então ajudar no processo de composição.

Erick Musso (PMDB), por exemplo, pode ser o nome a substituí-lo, mas ainda precisa vencer a desconfiança de quem tem o selo palaciano, o que poderia dificultar sua campanha entre aqueles que entendem que a proteção dos deputados deve ser feita por um presidente mais afastado do Palácio Anchieta. Neste sentido, Ferraço pode ajudar a emplacar um nome de interesse de Hartung e que atenda o interesse dos deputados.

Quanto a Ferraço, sua movimentação no plenário continuará forte e agora, com acesso direto à tribuna da Casa, o que para muita gente pode ser um perigo. Ele até tentou emplacar uma PEC para permitir que o presidente utilizasse a tribuna e não foi aceito no Plenário.

Ele vai ajudar no mandato da mulher, Norma Ayub (DEM), em Brasília, para fortalecê-la para a disputa à reeleição. Vai tentar não atrapalhar os planos do filho, o senador Ricardo Ferraço e vai ficar na dele, mas também não é por causa do que pode acontecer em 2018, se ele for alçado à disputa ao governo do Estado.

Pode ser o fim de uma era, mas com seus mais de 50 anos de carreira política, a movimentação de Ferração, certamente não foi feita de impulso, sem que se calcule qual o impacto que isso terá em sua vida e em sua influência política.

Fragmentos:

1 – O prefeito de Vitória, Luciano Rezende (PPS) visitou na manhã desta segunda-feira (9) os novos vereadores que compõem a Câmara de Vitória e pregou a harmonia entre os poderes.

2 – Não é de se espantar não haver registro da fatídica eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores Serra, do último dia 1 de janeiro. Naquela confusão toda, registrar como?

3 – O governador Paulo Harutng ainda nem entrou no PSDB e já subiu no muro. O projeto de Lei que proíbe a utilização de animais em perímetros urbanos não foi sancionado nem vetado, teve de ser promulgado pela Assembleia.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Caravana do Amaro

Com a consolidação do movimento em torno de Amaro Neto, deputados partem agora para suas bases eleitorais, exibindo o porta-estandarte de 2018

OPINIÃO
Editorial
A ‘súmula Zenkner’
O desfecho do caso do promotor que queria passar um ano nos Estados Unidos mostrou a importância do papel da imprensa de fiscalizar os agentes públicos
Piero Ruschi
Crise Ambiental
Apesar de ser abençoado pela ausência de desastres naturais como vulcões, terremotos e tufões, o Brasil amarga a desgraça de suas catástrofes ambientais
Renata Oliveira
Amaro assusta?
Os senadores Ricardo Ferraço e Magno Malta tiveram reações diferentes ao movimento do deputado
JR Mignone
Rádio saúde
Nova rádio na web mostra que esse segmento deve crescer na internet
Caetano Roque
A nova do imposto sindical
Como o Movimento Sindical não foi protagonista no processo, agora o recurso virou moeda de troca na mão do capital
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Força Nacional e o marketing de uma falsa segurança
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Sopa de Letrinhas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Justiça condena Gildevan Fernandes à perda do mandato por fraude em licitação

Ministério Público pede rejeição das contas de oito prefeituras em 2015

Caravana do Amaro

Ex-presidente da Câmara de Vereadores Viana é condenado a ressarcir erário

Recorde de baleias jubartes encalhadas mostra falhas no processo de monitoramento e resgate