Seculo

 

Nova inspeção constata sucateamento do Distrito Policial de Cobilândia


10/01/2017 às 13:44
O Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sindipol-ES) voltou a inspecionar o Distrito Policial de Cobilândia, em Vila Velha, e, cinco meses depois da primeira visita, constatou que a situação de precariedade se agravou na unidade. O distrito também deve receber intervenção do Ministério Público do Trabalho (MPT) em razão do sucateamento.

Na inspeção, os representantes do sindicato constataram que aumentou o número de materiais apreendidos na unidade, que ficam aglomerados na área externa e dificultam a circulação no local. São bicicletas, capacetes, motos e carros que ficam amontoados fora e nos corredores do distrito.

Além disso, os documentos importantes, por falta de espaço, ficam armazenados no banheiro da unidade.

A estrutura física do distrito policial também é precária, com infiltrações e mofo nas paredes; janelas quebradas, com papelões cobrindo os buracos; e piso danificado. A instalação elétrica também tem fios expostos e faltam lâmpadas.

Mesmo com a estrutura precária, a unidade é responsável por atender a aproximadamente 150 inquéritos 12 termos circunstanciados e 300 boletins de ocorrência de nove bairros com um efetivo reduzido de apenas cinco policiais.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Agência Senado
Cotações

Apesar de já ter anunciado apoio a Majeski, sobem as apostas de que Max Filho poderá, mesmo, é fixar lugar no palanque de Rose

OPINIÃO
Editorial
Quem paga a conta senta na cabeceira?
O financiamento pela Arcelor de uma pesquisa da Ufes de R$ 2 milhões acende o alerta sobre a autonomia universitária e a transparência nos acordos entre academia e capital privado
Piero Ruschi
Visita à coleção zoológica de Augusto Ruschi
Visitei a coleção zoológica criada por meu pai e seu túmulo na Estação Biológica. Por um lado, bom, por outro, angústia
JR Mignone
Uma análise
Algumas emissoras, aquelas que detêm alguma ou boa audiência, dedicam-se pouco à situação do país
Geraldo Hasse
Refém do Mercado
O País está preso ao neoliberalismo do tucano Pedro Parente, presidente da BR
Roberto Junquilho
A montagem da cena
Em baixa junto aos prefeitos da Grande Vitória, Hartung dispara para o interior do Estado
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Candidatura de Lula à Presidência será lançada neste domingo em Vitória e Serra

Servidores do Ibama e ICMBio no Estado protestam contra loteamento político do órgão

Projeto da nova sede do IPAJM é 'reavaliado' por Instituto de Obras do Estado

Quem paga a conta senta na cabeceira?

A montagem da cena