Seculo

 

Clima entre deputados esquenta nos bastidores da eleição da Assembleia


11/01/2017 às 14:13

Enquanto o deputado Theodorico Ferraço (DEM) fazia “campanha eleitoral” na reunião do colégio de líderes nessa terça-feira (10), um grupo de deputados que tenta encontrar uma candidatura alternativa ao atual presidente tentava botar fogo nos bastidores, vendendo uma animosidade entre o presidente da Casa e o deputado Rodrigo Coelho (PDT), que na verdade não existiu.

Rodrigo voltou a Assembleia e era tido como candidato, mas vem fazendo jus à fama de “político jeitoso” e não tem entrado em zona de atrito com o presidente da Assembleia. Os blefes de bastidores são mais uma tentativa de desestabilizar a estratégia de reeleição de Theodorico Ferraço (DEM), que vem testando suas condições junto aos coelgas de plenário, com um certo eleitorado cativo.

O grupo tenta incendiar o debate para criar condições de conseguir um nome em condições de enfrentar Ferraço ou criar um clima adverso para que o atual presidente desista do pleito, abrindo o caminho para outros nomes do plenário. O problema é encontrar uma candidatura que ofereça ao plenário a proteção que os deputados precisam para a disputa de 2018.

Além disso, algumas lideranças estão na discussão para buscar acomodação de cargos na Mesa Diretora. Sem um nome com musculatura vai ser difícil convencer o  plenário. Boa parte dos deputados acredita que apenas o atual presidente pode oferecer uma boa negociação com o Palácio Anchieta e condições de aumento de visibilidade dos parlamentares.

A eleição acontece no próximo dia 2 de fevereiro, por isso a expectativa é de que o debate esquente no decorrer do mês de janeiro. Outro fator que deve influenciar muito no processo é o fato de o governador Paulo Hartung (PMDB) demonstrar interesse na eleição da Assembleia, o que pode colocar água no chope do grupo dissidente.

O momento político favorece um acordo de Hartung com Ferraço e para os meios políticos, a movimentação que pode levar o filho do deputado estadual, Ricardo Ferraço (PSDB), à disputa do governo do Estado, entra também nessa articulação.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Renata Oliveira
Carona perigosa
Hartung fez evento no mesmo dia da eleição da Amunes para atrair prefeitos, mas ausências ganharam mais destaque
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Pauta bomba
Fim da anistia a benefícios irregulares pode vingar rasteira dada em Ferraço por Hartung
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Hartung muda discurso e atuação política depois da crise na segurança

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia