Seculo

 

Entidades ingressam com ação civil pública pedindo o esvaziamento da Unip II


11/01/2017 às 16:47
A precariedade de condições da Unidade de Internação Provisória II (Unip II), em Cariacica, levou a Defensoria Pública do Estado, Ministério Público Estadual (MPES), o Centro de Defesa dos Direitos Humanos de Serra (CDDH-Serra), o Comitê Estadual para a Prevenção e Erradicação da Tortura no Espírito Santo (Cepet-ES) e a seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-ES) a ingressarem com Ação Civil Pública pedindo o esvaziamento da unidade.

O pedido de liminar foi impetrado na 3ª Vara de Infância e Juventude de Vitória em virtude do sucateamento da unidade. Inspeções feitas semanalmente pela Defensoria constataram que a Unip II não oferece condições de habitabilidade, higiene e limpeza; não há escolarização dos internos, uma vez que eles recebem apenas aulas de reforço; não há atendimento psicossocial e de saúde; também não existem atividades profissionalizantes e de encaminhamento ao emprego; a alimentação é ruim; água de torneira é oferecida aos internos; há problemas de violência crônica e agressões por parte de agentes socioeducativos.

A unidade tem capacidade para 60 internos, mas abriga atualmente 222, incluindo 55 com sentença de internação proferida. Além disso, não há separação de internos por idade ou ato infracional cometido. A falta de separação por delito ou compleição física provoca ainda mais tensão e aumenta a probabilidade de motins e rebeliões, que são comuns na Unip II.

A ação pede que o Instituto de Atendimento Socioeducativo (Iases) apresente o alvará de funcionamento do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária e providencie dois jogos de cama por interno, que deverão ser trocados semanalmente; uniformes, incluindo, no mínimo, duas camisas, duas bermudas, um chinelo e um agasalho a cada adolescente internado; bem como a fornecer, a todos os socioeducandos, regularmente, material de higiene e limpeza, incluindo, no mínimo, escova de dentes, sabonete, desodorante e creme dental.

A ação também pede que os agentes socioeducativos envolvidos em episódios de agressões a internos sejam afastados e que seja alterada a Subgerência de Segurança da unidade.

Mortes

A unidade registrou diversas rebeliões, mortes e denúncias de agressões nos últimos anos. Em 2015, um adolescente morreu na unidade depois de uma rebelião que foi contida com gás de pimenta. Ele desmaiou no alojamento e morreu posteriormente.

A ação detalha uma denúncia de agressão a internos por parte de agentes socioeducativos. Segundo o processo, os adolescentes foram deitados no chão e agredidos com socos e chutes pelos agentes, depois levados para a delegacia para registro de Boletim de Ocorrência e corpo delito. No entanto, não receberam atendimento médico.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Sobrou

Ninho tucano no Estado já estaria pequeno para Colnago, Ferraço e Luiz Paulo. Em desvantagem, o ex-prefeito de Vitória. Será?

OPINIÃO
Editorial
Ruim da cabeça ou doente do pé?
Luciano Rezende quer acabar com o chorinho de Camburi, o Som de Fogueira da Lama e com o tradicional circuito do samba no Centro
Renata Oliveira
Pequenos detalhes, grandes problemas
Situações que antes não eram sequer cogitadas hoje trazem dores de cabeça ao governador Paulo Hartung
Lídia Caldas
Livre-se da armadilha dos rótulos
A informação é o melhor remédio contra a indústria
Geraldo Hasse
Marcha à ré nos biocombustíveis
O governo Temer desmancha os vínculos entre a Petrobras e os agricultores familiares
Caetano Roque
Discurso surdo
Não adianta fazer informativo sobre o golpe que fica restrito à fábrica. É preciso envolver a sociedade
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Os tanques de guerra e a marcha dos insensatos
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Sob o céu de Miami
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Advogada denuncia pressão de secretário de Meio Ambiente contra retomada do nome original do Revis Fradinhos

Sobrou

Urgência de projeto de cessão de PMs segue no Expediente da Assembleia

TJES condena Gratz e Gilson Gomes por esquema de diárias na Assembleia

MPES vai investigar reestruturação administrativa da Prefeitura de Viana