Seculo

 

Prefeitura de Vitória convoca reunião para discutir aumento de tarifa


11/01/2017 às 18:53
A Prefeitura de Vitória publicou nesta quarta-feira (11) edital de convocação de reunião da Câmara Temática de Transporte Público de Passageiros (CT/TPP), do Conselho Municipal de Transporte e Trânsito (Comuttran), para discutir aumento da tarifa do transporte público municipal. A reunião será nesta quarta-feira (12), na Prefeitura de Vitória, em Bento Ferreira.
A discussão acontece menos de duas semanas após o governo Paulo Hartung (PMDB) ter autorizado um reajusta de R$ 0,45 na tarifa do Sistema Transcol, que foi de R$ 2,75 para R$ 3,20. Organizada pelo grupo Contra a Tarifa GV, uma reunião para discutir o aumento da tarifa do sistema metropolitano já está marcada para a próxima terça-feira (17) na Praça do Eucalipto, em Maruípe, Vitória.
 
O último reajuste tarifário em Vitória ocorreu no final de janeiro de 2016, quando o valor subiu de R$ 2,40 para R$ 2,70, um reajuste de 12,5%, ou seja, acima da inflação verificada em 2015 (10,6%).
 
A reunião também acontece em um momento em que a Prefeitura de Vitória já operou a reprogramação dos quadros de horário do sistema municipal de transporte. Em 2016, os usuários de ônibus em Vitória sofreram com a redução de frotas, fruto exatamente da reprogramação do quadro de horários dos ônibus municipais realizada todo período de férias, entre o final de dezembro e o início de fevereiro. 
 
A questão é que o período de férias terminou, mas a política levada pelas empresas concessionárias, e aceita pela Prefeitura de Vitória, continuou em prática. 
 
Após o fracasso do Integra Vitória, projeto de remodelação do sistema municipal de transporte da Capital, a política de redução de custos das empresas de ônibus veio com o aumento da passagem e a redução de frota dos ônibus. Ainda no final de março, passageiros de Vitória reclamavam de demora de ônibus e superlotação, efeitos diretos de uma estratégia de redução de frota.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Leonardo Duarte/Secom
Uma coisa só

Enquanto no campo nacional PRB e MDB ainda estão em fase de namoro, no Estado o partido já é um “puxadinho” de Hartung. E tudo começou com Roberto Carneiro...

OPINIÃO
Editorial
MPES omisso
Ministério Público decidiu não participar das audiências de custódia. Um dos prejuízos: denúncias contra tortura, comumente relatada por presos
Piero Ruschi
Pets: uma questão de responsabilidade socioambiental
Felizes as pessoas que podem ter um animal de estimação! Felizes os animais de estimação que têm um dono responsável!
Gustavo Bastos
Para que Filosofia?
''é melhor existir do que o nada''
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
Eliza Bartolozzi Ferreira
Políticas de retrocesso
Dados educacionais do governo Paulo Hartung são alarmantes
Geraldo Hasse
Vampirismo neoliberal
O governo oferece refrescos aos trabalhadores enquanto suga seu sangue
Roberto Junquilho
Quem governa?
Um novo porto na região de Aracruz demonstra que, para as corporações, as minorias não importam
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uh, Houston, temos um problem
MAIS LIDAS

Sindicato protocola denúncias contra Sesa por contratação de Organizações Sociais

Corrida ao Senado sinaliza mudança na bancada capixaba

Quem governa?

Vampirismo neoliberal

Greve dos professores de Vitória continua por tempo indeterminado