Seculo

 

Iema prepara redução da zona de amortecimento do Parque de Pedra Azul


03/02/2017 às 20:08

A criação de Grupo de Trabalho para “revisão da Zona de Amortecimento do Parque Estadualde Pedra Azul e regulamentação dos usos compatíveis em seu interior” é, para qualquer bom conhecedor da elevada especulação imobiliária da região, o prenúncio da redução e flexibilização do uso da área.

Endereço de mansões e sítios de lazer de empresários e políticos poderosos do Espírito Santo – inclusive o governador Paulo Hargung –, além de loteamentos e condomínios cada vez mais valorizado no mercado, o entorno do Parque da Pedra Azul sofre constantes agressões ambientais, desde a criação da unidade de conservação.

O Grupo de Trabalho é formado por seis técnicos do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) e tem a missão de “realizar os estudos necessários à revisão da ZA e propor o zoneamento”, determinando quais usos poderão ser feitos na área. Essa é uma demanda do Ministério Público desde 2011, quando o órgão publicou uma notificação recomendatória para revisão da ZA, mas que só agora o Estado resolveu colocar em prática.

Hoje, a zona de amortecimento da Pedra Azul tem em média 11 quilômetros de largura, o que é considerado exagerado pelos especialistas em unidades de conservação. Considerando as decisões mais recentes a respeito de ZAs, a redução deve procurar alcançar uma média de três a quatro.

Considerando, porém, o poder econômico envolvido, a baixa eficiência do órgão gestor e a mais baixa ainda vontade política de efetivamente fazer prevalecer os interesses socioambientais das unidades de conservação públicas, o que se pode esperar da medida é que os gestores tenham uma área menor a lhes gerar dor de cabeça, com mansões e piscinas – e quem sabe até eucaliptais – se aproximano cada vez mais dos limites do parque. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Mau negócio
Quando Casagrande e Hartung passam a polarizar o cenário, a política capixaba deixa de ser interessante para a Odebrencht
Geraldo Hasse
O despudor do poder
O marqueteiro-mór pagou multa de R$ 30 milhões à Justiça, deu depoimento e saiu rindo
Lídia Caldas
Por que engordamos?
Estamos ingerindo muito carboidrato de má qualidade. Fomos viciados pela indústria de alimentos em gordura saturada, açúcar e sal
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Imperdivel! Já em cartaz!
Flânerie

Manuela Neves

Nenna, em transição
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Nossa Terra, nossa gente
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Candidatura individual para a Mesa Diretora indica nova realidade na Assembleia

TJES fará nova sessão de escolha em concurso para cartórios de 2006

Vereadora protocola indicação para nova licitação de ônibus em Vitória

Envolvimento de Ricardo Ferraço no esquema da Odebrecht inibe oposição de Theodorico na Assembleia

Justiça rejeita ação popular contra programa de rádio do prefeito de Marataízes