Seculo

 

Nova espécie, ameaçada de extinção, é encontrada no Mestre Álvaro


13/02/2017 às 17:35
Uma nova espécie vegetal foi encontrada na Área de Proteção Ambiental (APA) do Mestre Álvaro, na Serra. Batizada como Behuria mestrealvarensis, em homenagem ao monte onde foi descoberta, a bela flor está Criticamente Em Perigo (CR), a classificação mais grave de ameaça de extinção, dentre as três estabelecidas em nível mundial pela União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês).

Os biólogos que descreveram a espécie, até então desconhecida pela Ciência, desenvolvem o projeto Diversidade Florística da Área de Proteção Ambiental do Mestre Álvaro. Dois são da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) – Diego Tavares Iglesias e Valquíria Ferreira Dutra – e um é da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Renato Goldenberg.

No artigo científico em que registram a descrição inédita da espécie, os pesquisadores explicam que “a área de ocupação restrita e a paisagem fragmentada” são dois motivos que levaram à classificação da planta como CR. “A espécie ocorre em uma única área, isolada, com altitude superior a 800 metros”, afirmam.

Para Júnior Nass, membro da Associação Ambientalistas dos Amigos do Mestre Álvaro, a descoberta científica ressalta a importância de proteção do monte, um dos mais emblemáticos da Grande Vitória, e é mais um elemento de educação ambiental a ser trabalhado entre os visitantes.

“É algo que poucas pessoas conhecem. Muita gente já passou por essa flor, mas com certeza poucas pessoas sabem que ela está ameaçada de extinção e que foi descoberta ali no Mestre Álvaro”, comenta o ambientalista.

O próximo passeio organizado pela Associação acontecerá no próximo sábado, dia 18, de 14h às 21h30, com a subida do monte das Três Marias, próximo ao Mestre Álvaro, para assistir ao por do sol. Mais informações na fanpage da Ong. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Crônica de uma eleição

Vagões do trem do governador Paulo Hartung estão acima da capacidade da locomotiva. Haja peso para carregar...

OPINIÃO
Editorial
Futuro interrompido
Onde estão os promotores, delegados, políticos e demais agentes públicos para berrarem em defesa da infância? Mortes no Heimaba são alarmantes e inadmissíveis!
JR Mignone
Nova rádio
Tudo modificado, tudo moderno na Rádio Globo
Roberto Junquilho
Para onde ir?
A crítica vazia e sem fundamento à classe política coloca em risco a democracia
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Flic-ES: 'As livrarias não vendem obras capixabas'

Vitória já poderia ter identificado as fontes de emissão de pó preto

'Pensar a educação como a preparação do corpo para sentir, aprender e sonhar'

Webdoc Corpo Flor reflete sobre negritude e sexualidade