Seculo

 

'Quantas vidas mais vamos esperar perder até que isso acabe?’


15/02/2017 às 17:47

Rogério Medeiros e Renata Oliveira
Imagens: Leonardo Sá / Porã


Desde o início da crise na segurança do Espírito Santo, no dia 4 de fevereiro, o deputado estadual Josias Da Vitória (PDT) vem se posicionado de forma crítica a conduta do governo do Estado na condução das negociações com os familiares dos militares. Da Vitória tem criticado especialmente o secretário de Segurança, Pública André Garcia. O deputado já pediu a saída do secretários diversas vezes.

As críticas do deputado do PDT não têm sido bem digeridas pelo governo. Boatos espalhados nas redes sociais acusam o pedetista de participação nos bastidores do movimento grevista da PM. Ele também foi criticado pelo Palácio Anchieta por ter se reunido com as mulheres dos militares, representantes das associações ligadas à PM e outros parlamentares para buscar soluções para a crise. Mas sua iniciativa foi considerada "sabotagem" pelos interlocutores do governo.

Na entrevista a seguir a Século Diário, Dá Vitória, que é cabo da reserva da PM, fala sobre a crise na segurança, a situação da Polícia Militar e dos desdobramentos que a crise pode trazer para a população.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mais um 'lote'

Depois de conseguir o controle do PSDB e retomar o do DEM, Hartung se volta para um antigo aliado: o PDT

OPINIÃO
Piero Ruschi
Perseguição à honra de Ruschi
Infelizmente, de nada valeram meus 14 anos de contribuição mediante a minha postura de defender o Museu Mello Leitão, criado por meu pai
Renata Oliveira
Cidadãos ilustres
Assembleia deve tomar cuidado com suas medalhas, pois os homenageados de hoje podem ser os apedrejados de amanhã
Gustavo Bastos
Bancas de jornal
A banca de jornal, hoje, é um mundo que tem tudo
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
Caetano Roque
Agora é tarde
Não adianta a bancada fazer discurso a favor do trabalhador se ela votou quase à unanimidade a favor do impeachment
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Mais um 'lote'

Operação da Polícia Federal pune empresa que lançava esgoto in natura no Rio Doce

MPES quer reinclusão do fundador da Imetame em ação de improbidade

PDT realiza convenção estadual em dezembro de olho em 2018

Empresários já pressionam Câmara de Vitória por 'ajustes'