Seculo

 

'Quantas vidas mais vamos esperar perder até que isso acabe?’


15/02/2017 às 17:47

Rogério Medeiros e Renata Oliveira
Imagens: Leonardo Sá / Porã


Desde o início da crise na segurança do Espírito Santo, no dia 4 de fevereiro, o deputado estadual Josias Da Vitória (PDT) vem se posicionado de forma crítica a conduta do governo do Estado na condução das negociações com os familiares dos militares. Da Vitória tem criticado especialmente o secretário de Segurança, Pública André Garcia. O deputado já pediu a saída do secretários diversas vezes.

As críticas do deputado do PDT não têm sido bem digeridas pelo governo. Boatos espalhados nas redes sociais acusam o pedetista de participação nos bastidores do movimento grevista da PM. Ele também foi criticado pelo Palácio Anchieta por ter se reunido com as mulheres dos militares, representantes das associações ligadas à PM e outros parlamentares para buscar soluções para a crise. Mas sua iniciativa foi considerada "sabotagem" pelos interlocutores do governo.

Na entrevista a seguir a Século Diário, Dá Vitória, que é cabo da reserva da PM, fala sobre a crise na segurança, a situação da Polícia Militar e dos desdobramentos que a crise pode trazer para a população.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

Crônica de uma eleição

Vagões do trem do governador Paulo Hartung estão acima da capacidade da locomotiva. Haja peso para carregar...

OPINIÃO
Editorial
Futuro interrompido
Onde estão os promotores, delegados, políticos e demais agentes públicos para berrarem em defesa da infância? Mortes no Heimaba são alarmantes e inadmissíveis!
JR Mignone
Nova rádio
Tudo modificado, tudo moderno na Rádio Globo
Roberto Junquilho
Para onde ir?
A crítica vazia e sem fundamento à classe política coloca em risco a democracia
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Arrogância também conta?
MAIS LIDAS

Flic-ES: 'As livrarias não vendem obras capixabas'

Vitória já poderia ter identificado as fontes de emissão de pó preto

'Pensar a educação como a preparação do corpo para sentir, aprender e sonhar'

Webdoc Corpo Flor reflete sobre negritude e sexualidade