Seculo

 

Risco no futuro


17/02/2017 às 13:46

O governo do Estado tem traçado uma perigosa estratégia de sufocamento da Polícia Militar, diante da resistência do movimento reivindicatório. Sem entrar no mérito da atuação da Rotam, já que não é o momento de se discutir os métodos da política, a extinção do destacamento, traz mais apreensão para a população, já que essa é a parte da polícia que realmente vai até a periferia.  

Observa-se que a movimentação do governo em extinguir a Rotam tem o viés político e não operacional, já que é lá que se cogita estar o foco de resistência, sobretudo ao secretário de Segurança  André Garcia. Como disse o deputado estadual Josias Da Vitória (PDT), existe um gasto de energia muito forte em questões políticas, uma energia que poderia estar sendo usada para tentar resolver o problema.

Mas o que chama atenção é que o governo do Estado parece não estar preocupado com o futuro da relação com a Polícia Militar. Será que Hartung se esqueceu quem vem fazendo o papel da repressão aos movimentos sociais, nas ruas? Será que esqueceu quem vem fazendo o papel de segurança da parte da sociedade, mantendo a violência restrita à periferia e garantindo o sono tranquilo, da elite.

A enxurrada de cancelamento de programação do Carnaval nos municípios do interior é um recado político claro. Os prefeitos pensaram na segurança, claro, mas vem usando interlocutores para tentar atrair a atenção do governador para a necessidade de reforço na segurança fora da vitrine política. No Palácio Anchieta, porém, a única preocupação parece ser a de responder os colunistas da imprensa nacional que não aceitam a blindagem que o governo consegue com parte da imprensa capixaba.

Além da polícia magoada, em um retorno traumático ao trabalho, o governador vai lidar ainda com uma insatisfação vinda de parte dos prefeitos do interior. Logo no interior, onde Paulo Hartung resolveu a peleja eleitoral contra Renato Casagrande (PSB) em 2014.

Fragmentos:

1 – Apesar das tentativas do governo em mostrar para a sociedade que tudo voltou ao normal, os municípios de Guarapari, Iriri, Piuma e Alegre, no sul do Estado, decidiram cancelar as atividades do carnaval por motivos de segurança. Em Cachoeiro de Itapemirim, já havia cancelado programação, mas por outros motivos: falta de recursos mesmo.

2 – O deputado estadual Rodrigo Coelho (PDT) apresentou projeto de Lei 22/2017 pretende canalizar 75% das verbas destinadas à propaganda governamental para campanhas sociais de utilidade pública educativas, informativas, de orientação ou de conscientização social. A coluna sente cheiro de veto, se é que será aprovado pela Assembleia.

3 – Na próxima terça-feira (21), às 19 horas, acontece no Centro Comunitário de Laranjeiras, o colegiado da Federação das Associações de Moradores da Serra (FAMS). No encontro será aberto o novo processo eleitoral da Federação.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Leonardo Duarte/Secom
Uma coisa só

Enquanto no campo nacional PRB e MDB ainda estão em fase de namoro, no Estado o partido já é um “puxadinho” de Hartung. E tudo começou com Roberto Carneiro...

OPINIÃO
Editorial
MPES omisso
Ministério Público decidiu não participar das audiências de custódia. Um dos prejuízos: denúncias contra tortura, comumente relatada por presos
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
Eliza Bartolozzi Ferreira
Políticas de retrocesso
Dados educacionais do governo Paulo Hartung são alarmantes
JR Mignone
Enganosos
Fazendo uma comparação corajosa e dispersa, tanto as eleições do Brasil quanto a Copa do Mundo terão muita surpresas e varias decepções
Geraldo Hasse
Vampirismo neoliberal
O governo oferece refrescos aos trabalhadores enquanto suga seu sangue
Roberto Junquilho
Quem governa?
Um novo porto na região de Aracruz demonstra que, para as corporações, as minorias não importam
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uh, Houston, temos um problem
MAIS LIDAS

Sindicato protocola denúncias contra Sesa por contratação de Organizações Sociais

Corrida ao Senado sinaliza mudança na bancada capixaba

Quem governa?

Vampirismo neoliberal

Greve dos professores de Vitória continua por tempo indeterminado