Seculo

 

Exemplo futuro


06/03/2017 às 17:27
Olhem como são coisas. Já se falava do que acontece hoje nos Estados, só acontece no Brasil dez anos depois. E continua assim. Agora tem países na Europa, como a Suíça, por exemplo, com propostas bem mais avançadas por uma série de razões, sendo uma delas, a educação.
 
Vamos falar de comunicação baseado no assunto acima. Os avançados países europeus e suas inovações. Enquanto nós, brasileiros, estamos falando em sair do sistema analógico, na TV, no rádio, anular a “amplitude Modulada” (AM) e indo para o FM. Países como a Noruega estão abandonando as transmissões em frequência modulada (FM) e entrando de vez na era digital.
 
Embora tenha sido uma medida impopular para os cidadãos daquele país, o fato é que o FM irá acabar de vez em dezembro deste e só o “streaming” terá vez. Mas acredito que alguma coisa é feita no sentido de se aproveitar o aparelho “rádio”, mesmo no sistema web. Uma: inovação!
 
Mas não é tão simples como se imagina. Lá, uma das exigências era que a cobertura digital da emissora pública de lá, a famosa NRK fosse equivalente a atual. Outra exigência foi no lado comercial; de uma ampliação da rede comercial para 90% da população, recepção do sinal digital nos carros e que pelo menos 50% dos ouvintes tivessem rádios digitais no momento final da mudança.
 
Agora imagine tudo isso no momento em que o Brasil quiser ficar só no sistema digital. Não vai ser nunca.
 
PARABÓLICAS
 
Tutinha, da Jovem Pan, abriu as pernas para o sertanejo nas afiliadas, mas a de Sampa continua só no pop
 
Fabio Pirajá está relembrando o Kojac nas redes sociais. Careca e segurando uma cadelinha branca. Muitas fotos assim
 
O “papai noel” Heckel Ferreira vai presentear a Tropical FM com a volta à liderança. A Litoral aposta que não.
 
Kazinho inventando no rádio. Agora a Super FM esta cheia de “pocket Show” ao longo da sua programação
 
MENSAGEM FINAL
 
O que é lento, logo ficará muito rápido. Como o presente, que mais tarde será passado. Bob Dylan 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Editorial
Política de encarceramento
Não adianta construir novos presídios. É preciso investir em políticas públicas que sejam capazes de prevenir a criminalidade
Renata Oliveira
Fica, gente!
Hartung tem se esforçado para manter ao seu lado os três grandes partidos do Estado: PT, PSDB e PDT
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Choque

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia