Seculo

 

Para Sindbares, culpa da poluição sonora não é dos bares


08/03/2017 às 17:13
Embora sem uma saída em perspectiva, o Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Espírito Santo (Sindbares) busca uma solução alternativa à penalização dos bares e restaurantes do Centro de Vitória imposta pelo Termo de Compromisso Ambiental (TCA) firmado entre o Ministério Público Estadual (MPES) e Prefeitura de Vitória contra a poluição sonora na região. 
“Estamos criando um entendimento com a prefeitura para ajustar as pontas e evitar que isso aconteça”, diz o presidente da entidade, Wilson Kalil, que se reuniu com a prefeitura segunda-feira (6) para discutir novamente a questão. Para Kalil, a prefeitura entende que o problema não é causado por bares e restaurantes, mas pelos eventos espontâneos que acontecem em torno dos locais. “Todo mundo entende que a culpa não é do dono do bar, mas ele está sendo usado para isso”. 
 
O TCA firmado para minimizar a poluição sonora no Centro de Vitória excluiu o alvo das denúncias: os donos de bares e restaurantes do local. O acordo foi assinado apenas entre o MPES e a Prefeitura de Vitória. 
 
O termo, fruto de inquérito civil originado de reclamações de moradores, impõe medidas para reduzir os problemas de poluição sonora e mira os bares e restaurantes localizados nas ruas Sete de Setembro e entorno, Gama Rosa, Professor Baltazar e Coutinho Mascarenhas. 
 
O presidente da Associação de Moradores do Centro de Vitória (Amacentro), Everton Martins, qualificou a ação de “política”. “Foi uma ação política que visa atender um grupo de moradores ainda descontente com o resultado das eleições da Amacentro. E, unilateralmente, adota medidas para desconstruir o processo de revitalização cultural do Centro”, critica.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Caravana do Amaro

Com a consolidação do movimento em torno de Amaro Neto, deputados partem agora para suas bases eleitorais, exibindo o porta-estandarte de 2018

OPINIÃO
Editorial
A ‘súmula Zenkner’
O desfecho do caso do promotor que queria passar um ano nos Estados Unidos mostrou a importância do papel da imprensa de fiscalizar os agentes públicos
Piero Ruschi
Crise Ambiental
Apesar de ser abençoado pela ausência de desastres naturais como vulcões, terremotos e tufões, o Brasil amarga a desgraça de suas catástrofes ambientais
Renata Oliveira
Amaro assusta?
Os senadores Ricardo Ferraço e Magno Malta tiveram reações diferentes ao movimento do deputado
JR Mignone
Rádio saúde
Nova rádio na web mostra que esse segmento deve crescer na internet
Caetano Roque
A nova do imposto sindical
Como o Movimento Sindical não foi protagonista no processo, agora o recurso virou moeda de troca na mão do capital
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Força Nacional e o marketing de uma falsa segurança
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Sopa de Letrinhas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Ex-presidente da Câmara de Vereadores Viana é condenado a ressarcir erário

Equipe de Hartung está na alça de mira dos deputados na disputa por bases eleitorais

Recorde de baleias jubartes encalhadas mostra falhas no processo de monitoramento e resgate

Vereadores de Aracruz aprovam criação de CPI ‘mais ampla’ sobre contratos de lixo

A ‘súmula Zenkner’