Seculo

 

Em Vila Velha, Max Filho segue receita de Hartung e Luciano e concede aumento no transporte público


10/03/2017 às 13:32
Dois meses depois, o prefeito de Vila Velha Max Filho (PSDB) seguiu a mesma receita do governador Paulo Hartung (PMDB) e do prefeito de Vitória Luciano Rezende (PPS) e deve conceder aumento abusivo no sistema público de transporte municipal. A partir de segunda-feira (13), a passagem dos ônibus canelas-verdes deve passar de R$ 2,80 para R$ 3,20. 
 
A passagem passa a vigorar após publicação de decreto pelo prefeito. A decisão foi tomada após reunião do Conselho de Transporte de Vila Velha nessa quinta-feira (9). A vereadora Dona Arlete (PSL), que acompanhou a reunião, votou contra o reajuste. 
 
“Os vila-velhenses não podem sofrer com mais um reajuste! Por isso, votei ‘não’ ao aumento da passagem em Vila Velha. Infelizmente o aumento vai acontecer, mas vou cobrar mais qualidade nesse serviço de transporte prestado à população”, escreveu nas redes sociais.
 
Com o aumento, Max consolida a tendência iniciada por Hartung e seguida por Luciano Rezende de jogar os custos da crise das finanças públicas na conta da população capixaba. 
 
No final de dezembro, Hartung autorizou aumento na tarifa do Sistema Transcol, que saltou de R$ 2,75 para R$ 3,20, um reajuste de 16%. Em janeiro, Luciano Rezende aumentou a passagem em Vitória de R$ 2,70 para R$ 3,15. Os dois gestores colecionam retrocessos na área de mobilidade urbana. A proposta mais consistente que apresentaram foi aumentar as passagens dos ônibus.
 
Com o aumento, Max Filho segue igual caminho. O serviço executado pela Viação Sanremo, concessionária do transporte público canela-verde, recebe críticas duras dos usuários por conta de superlotação e demora. Prova disso é que Vila Velha é a única cidade, entre as quatro principais da Grande Vitória, em que os ônibus enfrentam concorrência de transporte clandestino. Um sinal de insatisfação dos usuários com sistema de transporte público.
 
Por ora, o prefeito só a apresentou a implantação de um sistema municipal de compartilhamento de bicicletas para renovar o padrão de deslocamento no município.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Editorial
Política de encarceramento
Não adianta construir novos presídios. É preciso investir em políticas públicas que sejam capazes de prevenir a criminalidade
Renata Oliveira
Fica, gente!
Hartung tem se esforçado para manter ao seu lado os três grandes partidos do Estado: PT, PSDB e PDT
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Choque

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia