Seculo

 

Vereadores encaminham à prefeitura relatório que pede suspensão do rotativo


11/03/2017 às 17:55
Os vereadores de Guarapari Fernanda Mazzelli (PSD) e Thiago Paterlini Monjardim (PMDB) encaminharam ao prefeito Edson Magalhães (PSD) o relatório final da Comissão Especial de Investigação (CEI) que pediu a suspensão do sistema de estacionamento rotativo na cidade. Instaurada na última legislatura, a comissão apura possíveis irregularidades na licitação e no funcionamento do serviço executado pela Vista Group Network Sistemas e Empreedimentos Ltda ME (VGN). O relatório final da comissão aponta que a dívida da empresa com os cofres públicos chegaria a R$ 400 mil.
O pedido de suspensão e cancelamento do contrato é amparado em dois pontos. Segundo a comissão, o contrato determina o repasse de 34% da receita bruta para a prefeitura. Mas, até o início de dezembro, os vereadores garantiam que nenhum valor fora repassado. Eles destacam a cláusula que permite a suspensão do contrato em caso de atraso de 30 dias do repasse. Em nove de dezembro, a empresa anunciou o parcelamento da dívida com o município.
 
Os vereadores também acusam a empresa de vender cotas para investidores com o objetivo de levantar capital. Eles argumentam que há uma cláusula no contrato que veda a prática, o que também ensejou o pedido de suspensão e cancelamento do contrato com a prefeitura.
 
Em janeiro, a prefeitura publicou decreto suspendendo por 90 dias a cobrança de estacionamento nos bairros Praia do Morro e Muquiçaba para a realização de estudos de viabilidade técnica.
 
O Rotativo de Guarapari começou a operar em fevereiro de 2016 e chegou a abranger cerca de mil vagas no Centro e em Muquiçaba, com expectativa de implantar outras 500 vagas no Aeroporto, na orla da Praia do Morro e na Enseada Azul. Antes, o serviço enfrentou alguns meses de embates judiciais por conta de ações da Associação dos Comerciantes de Guarapari contra a cobrança. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

'Tem boi na linha'

Metendo-se no meio da disputa caseira entre Hartung e Casagrande, Rose de Freitas tem realmente alguma chance?

OPINIÃO
Editorial
As novas roupagens da censura
Os resquícios da ditadura militar ainda assombram a liberdade de expressão no País, estendendo seus tentáculos para o trabalho da imprensa
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Eliza Bartolozzi Ferreira
A raposa cuidando do galinheiro
Na lógica do custo-benefício, governo Hartung entende que deve ofertar um ensino pasteurizado, de baixo custo e restrito a quem podem estudar em período integral
JR Mignone
A cobertura da Copa
No mês que antecedeu a Copa e no mês do desenrolar da competição, a Globo abusou da cobertura a ponto de cansar até o telespectador que gosta de esportes
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre a salada e o vinho
MAIS LIDAS

Atlas da Violência: Serra e São Mateus registraram o maior índice de homicídios

Sicoob em Cariacica é processado por falta de acessibilidade

Governo escolhe local para base da PM sem consultar moradores da Piedade

Moradores impedem devastação ainda maior da Aracruz Celulose (Fibria) em Lagoa de Coqueiral

A raposa cuidando do galinheiro