Seculo

 

Euclério critica novo reajuste na 'Terceira bem paga Ponte'


14/03/2017 às 17:13
Crítico da cobrança de pedágio na Terceira Ponte, o deputado estadual Euclério Sampaio (PDT) subiu à tribuna da Assembleia na sessão desta terça-feira (14) para disparar contra a decisão da Justiça estadual que autorizou novo reajuste na ponte. “Fiquei perplexo que a Justiça liberou o reajuste na ‘Terceira bem paga Ponte’. É um consórcio que espolia o cidadão do Espírito Santo há anos”, criticou, empunhando uma tira de pano preto para representar “o luto do cidadão capixaba com mais esse aumento”.
 
Nesta semana, decisão do juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Felippe Monteiro Morgado Horta autorizou a concessionária Rodosol, que administra a Terceira Ponte, a reajustar a tarifa do pedágio. O último reajuste ocorreu em janeiro do ano passado, quando o valor saltou de R$ 0,80 para R$ 0,95. 
 
O deputado lembrou ainda que o Ministério Público Estadual (MPES) denunciou obras e serviços não realizados pela concessionária que, no entanto, de acordo com a ação, cobraria o valor dos usuários. O órgão cobra o ressarcimento dos valores cobrados pela “conservação especial” – tipo de manutenção mais complexa com vistas a recuperar o tempo de vida útil da rodovia. 
 
Para Euclério, portanto, não é lógico reajustar o pedágio. “Tenho que reconhecer que o poder de persuasão dessa empresa é muito grande”.
 
Euclério também solicitou à Raquel Lessa (SD), que presidia a sessão, que seu decreto legislativo que anula os efeitos do contrato de concessão da Rodosol entre na pauta de votação já a partir da próxima segunda-feira (14). “Essa Casa tem que enfrentar esse problema”, disse.
 
O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) também criticou a decisão. “Espero que o Ministério Público Estadual recorra dessa decisão da Justiça”.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Quem dá mais?

Enquanto o mercado político se divide cada vez mais entre o bloco palaciano e o puxado por Casagrande, Audifax segue com acenos para o lado que mais convém

OPINIÃO
Editorial
Castigada seja a hipocrisia!
Ideal, mesmo, seria ver tamanha indignação dos deputados estaduais no debate sobre nudez artística em casos reais de atentado à paciência da sociedade
Piero Ruschi
A decadência da celulose
O plantio de eucalipto destinado à produção de celulose no Estado sofrerá reduções extremamente positivas ao capixaba
Gustavo Bastos
Conto carnavalesco
''Qual é o sentido do carnaval para você?''
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
Hora do plano B
Os planos de Hartung e Colnago retornam à estaca zero com a saída de Luiz Paulo do PSDB
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Castigada seja a hipocrisia!

Polícia Militar tenta calar cabos e soldados após publicações na internet

Quem dá mais?

Ricardo Ferraço ensaia chapa casada ao Senado com Amaro Neto

Estudantes reagem contra manutenção do reajuste na passagem de ônibus