Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Quem politizou a Amunes?


17/03/2017 às 11:38
O governador Paulo Hartung (PMDB) colocou em campo sua tropa de choque para desmobilizar a chapa do prefeito de Viana, Gilson Daniel (PV), na disputa pela Presidência da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes). O secretário-chefe da Casa Civil José Carlos da Fonseca Júnior ficou encarregado de tentar convencer Gilson Daniel a desistir da disputa.
 
Paralelamente, o atual presidente da Amunes, Dalton Perim (PMDB), vem criticando a polarização da disputa, dizendo que isso é ruim para a entidade. Mas quando se analisa um pouco mais profundamente a questão, o governo do Estado vem se queixar de uma politização da disputa da Amunes, que ele mesmo começou.
 
O prefeito de Viana não é exatamente o ícone da oposição no Estado. Ele conduziu um processo de apoio à reeleição de Renato Casagrande (PSB), não por causa dos belos olhos do ex-governador, estava dialogando naquele momento com a cadeira. Tanto que desde a ascensão de Hartung ao Palácio Anchieta, o prefeito vem buscando, sim, aproximação com o peemedebista. Hartung é que não quer conversa com o prefeito.
 
Em um cenário de polarização política, inédito na era Hartung, quando um lado não quer, a tendência das lideranças é buscar outro caminho. Além disso, até a segunda-feira (13), só havia a candidatura de Gilson Daniel na disputa da Amunes. Candidatura que ele vinha construindo há meses. Foi o governo que insistiu em outra chapa palaciana para evitar a perda de controle da entidade.
 
Por isso, impôs a disputa política foi o governo. Ou alguém tem dúvida de que uma vez eleito na presidência da Amunes, Gilson Daniel não buscaria uma composição com o governo? O problema é que Hartung não confia no prefeito, como confiava nos últimos três presidentes da entidade: Guerino Balestrassi, Gilson Amaro e Dalton Perim.
 
A preocupação de Hartung parece ser com os apoios de Daniel. Mais com a movimentação da senadora Rose de Freitas (PMDB) do que com Casagrande, propriamente. A senadora tem um perfil municipalista, mas nunca teve o controle da entidade de prefeitos. Vencendo a disputa, através de Gilson Daniel, ela se fortalece com os municípios em um momento econômico delicado para a prefeitada.
 
O problema não é a polarização da disputa, como afirmam os aliados do governador. O problema é que a expectativa de que a entrada do prefeito de Linhares, Guerino Zanon (PMDB), fosse trucidar a campanha do prefeito de Viana não está se concretizando com a rapidez e eficiência que o Palácio Ancheita esperava.
 
Fragmentos:
 
1 – O secretário da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Aparecido Donizeti da Silva, fará palestra na Assembleia Legislativa sobre os desafios do segmento frente às propostas de reforma trabalhista e previdenciária. O evento faz parte da sessão solene a ser realizada nesta sexta-feira (17), às 19 horas.
 
2 – O deputado Sandro Locutor (Pros) esteve nessa quinta-feira (16) em Brasília para uma agenda dos deputados estaduais do País com o presidente Michel Temer (PMDB). A União dos Legisladores foi pedir apoio à aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 47/2012, no Senado, que tem por objetivo ampliar o campo de atuação dos parlamentares estaduais.
 
3 – O senador Magno Malta foi buscar apoio para o PR dentro de casa. Trouxe a mulher, a ex-deputada federal Lauriete, para reforçar os quadros fragilizados do partido. Desde a inglória articulação para a presidência da República, a influência no PSC já não é tão forte.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
No divã

PDT e PSDB, alvos de ingerência de Hartung, estão em turbulência interna. Que o diga Euclério e Majeski...

OPINIÃO
Renata Oliveira
No rastro
Quando o governador Paulo Hartung retornar de Paris, vai enfrentar um Sérgio Majeski ainda mais incômodo
Caetano Roque
Venceu o pragmatismo
Ao reeleger o grupo que se perpetua na direção, PT perde um pouco mais de sua ideologia
Geraldo Hasse
Seremos todos boias-frias?
A palavra reforma, sempre associada a avanços, está sendo aplicada a um retrocesso
JR Mignone
Sérgio Bermudes, sempre atual
''Existe uma crise no Judiciário, que vai da falta de juízes, da infraestrutura adequada, até a postulação e prestação precárias''
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna – parte II: early years na ilha
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A sombra
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Euclério Sampaio abre fogo contra presidente regional do PDT

Embate entre Majeski e Colnago ainda repercute na Assembleia

Violações no sistema socioeducativo do Estado são novamente denunciadas à OEA

Justiça condena ex-deputado federal e ex-prefeito de Marilândia

Colibris desaparecem na cidade e no Estado que os têm como símbolos