Seculo

 

Ministério Público denuncia ex-prefeito de Jaguaré por improbidade


17/03/2017 às 13:47
O Ministério Público Estadual (MPES), por meio da Promotoria de Justiça de Jaguaré (região norte), denunciou o ex-prefeito do município e atual vereador, Domingos Sávio Pinto Martins (PSD), por improbidade administrativa. Ele é acusado de nomear uma servidora comissionada em cargos de chefia com objetivo de elevar o piso salarial, sem que houvesse o exercício das funções. A promotoria pede o ressarcimento do prejuízo aos cofres públicos, estimados em R$ 14 mil.

Na ação, o MPES afirma que o ex-prefeito nomeou a servidora Maria de Fátima Sartório Vieira, também denunciada, para o cargo comissionado na Gerência de Fiscalização Urbanística de Obras e Postura e, posteriormente, para o cargo de Chefe de Pagamento e Administração da Dívida, ambos de remuneração maior, sem que houvesse o exercício das funções. No período, a funcionária atuaria no cargo de Assessor Técnico II, exercendo funções mais singelas, com remuneração proporcionalmente menor.

O órgão ministerial defende que o ex-prefeito e a servidora praticaram atos que atentam contra os princípios da administração pública: “O requerido, desconsiderou o princípio da legalidade e da moralidade ao nomear a ré para um cargo e permitir que exercesse outro. Recebia a remuneração do cargo maior, que nunca exercera, porém, desempenhava atribuições de cargo mais singelo. O desvio de função de igual modo viola o princípio da moralidade administrativa, na medida em que se revela como mais um ‘jeitinho brasileiro’, infeliz prática institucionalizada e que cria ‘no povo brasileiro ojeriza contra as autoridades’”.

Entre os pedidos da ação, o MPES quer a condenação dos denunciados por enriquecimento ilícito com o ressarcimento do prejuízo ao erário, além das sanções previstas na Lei de Improbidade Administrativa, que vão desde a suspensão dos direitos políticos até a perda de eventual função pública. Atualmente, o ex-prefeito Sávio Martins é vereador no município.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Editorial
Política de encarceramento
Não adianta construir novos presídios. É preciso investir em políticas públicas que sejam capazes de prevenir a criminalidade
Renata Oliveira
Fica, gente!
Hartung tem se esforçado para manter ao seu lado os três grandes partidos do Estado: PT, PSDB e PDT
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Choque

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia