Seculo

 

Lei João Bananeira segue aberta para projetos até 31 de março


18/03/2017 às 07:24

A prefeitura de Cariacica prorrogou o prazo de inscrição de projetos culturais pela Lei João Bananeira. Agora as inscrições podem ser feitas até o próximo dia 31 de março.  A alteração foi publicada no Diário Oficial do município e atendeu apelo da classe artística que não pôde dar andamento aos processos devido aos transtornos causados pela paralisação da Polícia Militar, que se estendeu por 22 dias.

Podem participar do processo produtores, técnicos, artistas, autores e agentes das áreas de patrimônio cultural, música, artes cênicas, audiovisual, artes visuais, literatura, artes plásticas, cultura popular e arte contemporânea.

Além disso, a Secretaria Municipal de Cultura realizou oficinas de formação para capacitar os interessados em concorrer ao edital.

A Lei João Bananeira

Em Cariacica, o benefício da Lei João Bananeira é repassado diretamente ao artista contemplado. Assim, ele não precisa trocar bônus por meio de empresas, o que agiliza e desburocratiza o processo porque o artista consegue executar os projetos mais rapidamente de acordo com organização do edital. Essa é apresentada como uma medida inédita no país, e que pode gerar mais transparência para o trabalho da administração pública.

Os projetos apresentados neste ano devem ter valor máximo de R$ 22.305,50. Os critérios para aprovação envolvem relevância temática, inovação, viabilidade técnica, princípios éticos, adequação física e financeira. Já o valor total disponibilizado para o edital deste ano é 24% menor em relação aos anos anteriores, com o total de R$ 538.500.

Para realizar a inscrição, o interessado deve comparecer ao Protocolo Geral da Prefeitura ou à Central Faça Fácil com o formulário disponível no site e preenchido.

No dia 8 de maio sairá a lista das propostas com inscrições deferidas para a apresentação da documentação. O resultado final sai em 7 de julho. Os projetos aprovados terão prazo de execução de 12 meses após o recebimento do benefício.

Acesse o edital

Serviço

As inscrições para o edital da Lei João Bananeira seguem até o dia 31 de março. O Protocolo Geral da Prefeitura fica na rodovia BR 262, 3.700, Km 3,  Alto Lage. Já o Protocolo do Faça Fácil fica na avenida Aloizio Santos, 500, Santo André, Cariacica.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Editorial
Política de encarceramento
Não adianta construir novos presídios. É preciso investir em políticas públicas que sejam capazes de prevenir a criminalidade
Renata Oliveira
Fica, gente!
Hartung tem se esforçado para manter ao seu lado os três grandes partidos do Estado: PT, PSDB e PDT
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Choque

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia