Seculo

 

Festival TPM – Todas Pelas Minas começa nesta semana no CRJ


20/03/2017 às 14:54

O Centro de Referência da Juventude (CRJ) volta aos poucos com suas atividades e se prepara para receber uma semana inteira de projetos protagonizados por mulheres. Trata-se do Festival TPM – Todas Pelas Minas, que contará com oficinas, rodas de conversa, feira de empreendedorismo e muito mais.

A iniciativa é uma realização do CRJ, em parceria com o QG Das Minas (ES), e integra as atividades alusivas ao mês da mulher em Vitória. As atividades serão gratuitas e voltadas para a valorização da produção feminina.

A proposta com o festival é fortalecer a cultura de igualdade dos gêneros, dessa forma o CRJ se coloca como um equipamento disponível a essas iniciaitivas, de acordo com a organização.

A programação começa já nesta segunda-feira (20), às 19h, com a Oficina de Defesa Pessoal, ministrada pela oficineira Barbara Depiantti. Na terça (21), acontecem as Oficinas de Crochê, às 16h30, com a oficineira Geanna Abreu; e de Acrobacias e Malabares, às 18h, com as oficineiras Debora Shulz e Jasmin Shulz.

Na quarta (22), a programação segue com a Oficina de Sexualidade, às 18h, com Pandora da Luz; e de Breaking Dance, às 19h, com Vivian Cunha. Já na quinta (23), a partir das 18h, acontece a Oficina de Zine, com Amanda Brommonschenkel. Além disso, nos dias 24 e 25, serão realizadas as oficinas de Laboratório de Arte Impressa, com Carla Borba.

E o encerramento do Festival TPM será no sábado (25). Entre as atrações, haverá apresentações de danças urbanas, batalhas de MC’s, funk carioca, grafite ao vivo, DJ, feira de empreendedorismo feminino, apresentações teatrais, exposição fotográfica e performances. A música ficará por conta de Melanina MC’s, Preta Roots, Anna Campos e Naira Valente.

Serviço

O Festival TPM – Todas Pelas Minas começa nesta segunda-feira (20), a partir das 19h, e segue até o sábado (25) no CRJ – Av. Vitória, 1.320, Ilha de Santa Maria, Vitória. A entrada é franca. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
CMV
Blindagem coletiva

Greve dos professores não reforçou apenas o perfil antidemocrático do prefeito, mas também a omissão da Câmara de Vitória. Só Roberto Martins enxerga o óbvio?

OPINIÃO
Editorial
'Gestão compartilhada'
Ofensiva de Luciano Rezende contra movimento dos professores revela autoritarismo e inabilidade política
Piero Ruschi
Pets: uma questão de responsabilidade socioambiental
Felizes as pessoas que podem ter um animal de estimação! Felizes os animais de estimação que têm um dono responsável!
Gustavo Bastos
Para que Filosofia?
''é melhor existir do que o nada''
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
JR Mignone
O voto facultativo
Atual insatisfação com a política seria uma chance para começar a estudar a implantação do voto facultativo?
Roberto Junquilho
Que novo é esse?
O presidenciável do PRB, Flávio Rocha, apresenta velhas fórmulas de gestão e envolve jovens lideranças
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Para, relógio
MAIS LIDAS

STF mantém interrupção de pagamento de gratificação a procuradores de Justiça no ES

Blindagem coletiva

Que novo é esse?

Professores encerram greve, mas movimento reivindicatório continua em Vitória

MAB: 'Falta organização e profissionalismo na Fundação Renova'