Seculo

 

Lideranças testam capilaridade fora da 'bolha de Hartung'


20/03/2017 às 15:54
Com o fim da eleição de 2014, esperava-se nas eleições 2018 um novo embate entre o governador Paulo Hartung (PMDB) e o ex-governador Renato Casagrande (PSB). Mas no grupo que se forma no polo contrário ao do Palácio Anchieta, as lideranças que se movimentam para 2018 buscam capilaridade. A ideia seria a de testar o capital político dos diferentes atores enquanto se observa a movimentação do cenário político.
 
O primeiro nome apontado dentro deste grupo foi o do prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede). A movimentação, porém, parece ser mais uma articulação da Nacional da Rede do que do próprio prefeito. A reeleição de Audifax na Serra foi a principal conquista do partido no Estado, em 2016, e ele pode ser convocado a erguer o palanque da presidenciável Marina Silva no Estado, onde ela sempre teve um desempenho forte nas disputas presidenciais.
 
Neste sábado (18), o PPS realizou um encontro com novos filiados e no evento o nome do prefeito de Vitória, Luciano Rezende, também foi colocado como um dos possíveis candidatos ao Palácio Anchieta em 2018. O prefeito da Capital tem se articulado em busca de visibilidade para o enfrentamento e pode pegar carona na avalanche sobre o Palácio Anchieta, causada pela crise na segurança, o que abriria caminho para novos atores políticos se apresentarem.
 
Outro nome que faz parte deste grupo e também se apresentou como um possível postulante ao cargo é o do veterano Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB). O tucano disputou a eleição em 2006 em um cenário político bem distinto do atual. Ele representaria um nicho de resistência dentro do partido à parceria tucana com o governo do Estado. Ao desistir da disputa à prefeitura de Vitória, porém, Luiz Paulo teria saído desgastado do processo.
 
A senadora Rose de Freitas (PMDB) também já se manifestou publicamente sobre a possibilidade de vir a disputar o governo do Estado. Ela é a principal preocupação do governo, que vê na parlamentar uma adversária em melhores condições de disputa. Diferentemente de Audifax e Luciano, a senadora não precisaria se desincompatibilizar do cargo para disputar o governo e, mesmo que perca a disputa, sairia fortalecida do processo eleitoral para cumprir mais quatro anos no Senado.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Choque

Como diz o ditado, dois bicudos não se beijam. É isso mesmo, Fabrício Gandini?

OPINIÃO
Editorial
Política de encarceramento
Não adianta construir novos presídios. É preciso investir em políticas públicas que sejam capazes de prevenir a criminalidade
Renata Oliveira
Fica, gente!
Hartung tem se esforçado para manter ao seu lado os três grandes partidos do Estado: PT, PSDB e PDT
Ivana Medeiros Zon
Mude de vida
Pensar na influência do comportamento e dos hábitos individuais, incluindo os de consumo, vai muito além do que podemos imaginar.
Nerter Samora
Um novo Ministério Público
Renovação no quadro de procuradores de Justiça é oportunidade para novos grupos politicos
JR Mignone
A volta da reza
Em 2013 escrevi sobre o ''Poder da Reza''. Hoje volto com ela, pois rezar, orar, falar com Deus, meditar, seja como for, nunca é demais
Caetano Roque
Briga desleal
Com a mídia na mão, o capital consegue fazer com que o cidadão acredite nas mentiras que eles querem
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

pelas beiras!
Flânerie

Manuela Neves

Carmélia, um pouco mais dela
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Deputado vai propor CPI para apurar crime da Samarco
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Entre sustos e suspresas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Choque

Ferraço afirma que contrato de antecipação de royalties foi 'malfeito'

Presos do semiaberto vão trabalhar em obras e serviços públicos da Prefeitura de Colatina

Dúvida sobre relator do Caso Alexandre pode adiar julgamento de recurso no TJES

Da Vitória faz discurso apaziguador, mas mantém posição independente na Assembleia