Seculo

 

Sindipúblicos denuncia secretário estadual de Meio Ambiente ao Ministério Público


01/04/2017 às 20:31
O Sindicato dos Trabalhadores e Servidores Públicos do Estado do Espírito Santo (Sindipúblicos) entrou com representação no Ministério Público Estadual (MPES) e na Ouvidoria do Estado contra o secretário de Meio Ambiente, Aladim Cerqueira, solicitando a instauração de inquérito para apuração das graves denúncias quanto a ingerência dele nos processos de licenciamento ambiental das obras do Hospital Geral de Cariacica (HGC).

Conforme denunciado na última quarta-feira (30) neste Século Diário, o titular da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama) emitiu parecer contradizendo o posicionamento do corpo técnico do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema), na tentativa de negar a existência de nascentes e corpos d'água na área pretendida pelo governador Paulo Hartung (PMDB) e o prefeito Juninho (PPS) para a construção do Hospital.

Os técnicos do Iema afirmaram a necessidade de proteção da Área de Preservação Permanente (APP), mas o secretário desmereceu os estudos técnicos da autarquia, dizendo não haver APP, recomendando a emissão da Licença Prévia para o empreendimento, que é uma das prioridades da atual gestão.

Seu parecer consta nas folhas 95 a 103 do processo, de nº 72965606, e é seguido pelo então diretor técnico do próprio Iema, Albertone Sant´Ana Pereira, que também recomenda a exclusão de qualquer menção à APP e a liberação das obras.

Segundo o Sindipúblicos, “a postura do secretário, além de ilegal, pode ser considerada como advocacia administrativa, ou seja crime previsto no artigo 321 do Código Penal Brasileiro: "Patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário: Pena – detenção, de um a três meses, ou multa”.

Não cabe a Aladim Cerqueira, como aponta a entidade, a intervenção em processos que visem à concessão de licenças, seja para o poder público ou particular. “Tudo isso só reforça a necessidade de autonomia do Iema como autarquia responsável pelo exercício do Poder de Polícia Ambiental. Se essas condutas são observadas na atual situação, imagine se o Iema virar uma subsecretaria da Seama, como tem sido defendido pelo secretário”, alerta o sindicato.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Declaração de guerra

Luciano Rezende inflou tanto a candidatura de Denninho, para se livrar da única oposição que sofria na Câmara, que acabou arrumando um problemão dentro de casa

OPINIÃO
Editorial
Operação seletiva
Mandado de busca coletivo cumprido nesta quinta (17) em Jesus de Nazareth viola Estado Democrático de Direito
Renata Oliveira
A escolha de Sofia
Os prefeitos do Estado têm de escolher entre Rose de Freitas ou Paulo Hartung
Geraldo Hasse
Pedalando rumo ao Norte
Até quando os brasileiros se deixarão governar por quem não os representa?
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Força Nacional e o marketing de uma falsa segurança
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A árvore da via
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Megaoperação foi baseada em mandados de busca ilegais

'Nós não conseguimos passar duas eleições com a mesma regra'

Câmara de Vereadores arquiva denúncia contra prefeito interino de Itapemirim

PSB realiza encontro municipal neste sábado na Serra de olho em 2018

Placar ambiental da minuta do PDU de Vitória está empatado