Seculo

 

Marcelo Santos critica possível retirada de concessão da Cesan na Capital


03/04/2017 às 14:58

Em reunião da Comissão de Infraestrutura realizada no final da manhã desta segunda-feira (3) com a presença de técnicos da Cesan, o presidente do colegiado, deputado Marcelo Santos, fez duras críticas à intenção da Prefeitura de Vitória de retirar a concessão da gestão de água e esgoto da Cesan para entregá-la a outra empresa.

“Trata-se de uma decisão politicamente incorreta e tecnicamente inviável. Estou acompanhando esse tema pessoalmente e não há base legal para isso. Acontece que o Estatuto Nacional de Saneamento não definiu quem seria o titular do serviço. Daí a importância da pacificação do tema no Supremo Tribunal Federal, desde 2013. O órgão deu parecer pelo compartilhamento dos serviços, o que impede uma decisão unilateral do município”, disse o presidente da Comissão.

Além disso, sustentou o deputado, Vitória não tem autonomia em seu abastecimento, utilizando água de Serra e Vila Velha. Uma possível obra de captação de água de outros municípios ou de dessanilização da água do mar exigiria um investimento altíssimo. “Se a intenção inicial era a redução da taxa, o efeito para o cidadão de Vitória seria exatamente o contrário, de aumento da tarifa”, completou Marcelo Santos.

Ele lembrou ainda que Vitória é o município com maior cobertura de rede de esgoto da Região Metropolitana, com 89%, seguido por Serra (77%), Vila Velha (58%) e Cariacica (45%), sendo ainda o município com mais ativos contábeis aplicados pela Cesan entre esses municípios, cerca de R$ 670 milhões.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Apertem os cintos...

Senadora Rose de Freitas, a ‘mãe do aeroporto’, corre o risco de perder o melhor da festa para Paulo Hartung

OPINIÃO
Editorial
Disciplina X Autoritarismo
Hartung tem sido um péssimo exemplo para a tropa da PM no que diz respeito ao cumprimento das leis
Gustavo Bastos
Sobre um pesadelo
“Nos meus oito ou nove anos de idade, eu tinha obsessão pelos diferentes nomes dados ao tinhoso”
Roberto Junquilho
Gestão hi-tech
O prefeito de Vitória, como seguidor da modernidade, agora virou ator de peças publicitárias
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Disciplina X Autoritarismo

Evangélicos se dividem em dois grupos na disputa deste ano

Sobre um pesadelo

Apertem os cintos...

Gestão hi-tech