Seculo

 

Governo federal reconhece situação de emergência de Ibatiba


10/04/2017 às 16:40
O município de Ibatiba, no sul do Estado, teve situação de emergência reconhecido pelo Ministério da Integração Nacional nesta segunda-feira (10). A partir da medida, publicada no Diário Oficial da União, a prefeitura poderá solicitar apoio do governo federal para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas por desastres naturais.
 
Em fevereiro, a prefeitura municipal declarou situação de emergência em função da destruição causada por chuvas que atingiam o município desde dezembro. As precipitações afetaram vários bairros e causaram destruição danos materiais, sociais e ambientais. Algumas áreas ficaram sem transporte escolar e limpeza urbana, devido dificuldade de acesso. 
 
Os bairros Ipê, Floresta, Novo Horizonte, Bela Vista, São José e Brasil Novo foram os mais prejudicados. A destruição interditou ruas e estradas, e destruiu calçamentos, rede de água pluvial, redes de esgoto, redes de água, bueiros.
 
A medida ministerial contemplou 20 cidades no Espírito Santo, Bahia, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, de Minas Gerais e Sergipe. O reconhecimento federal é decorrente do extenso período de seca, estiagem, tempestades, inundações e enxurradas. 
 
Para ter acesso a recursos materiais e financeiros de apoio emergencial da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração, os municípios devem apresentar um relatório com o diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR).

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Bicho-papão
O ajuste fiscal de Paulo Hartung precisa do exemplo do Rio de Janeiro tanto para cortar quanto para supervalorizar a liberação de recursos
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Caetano Roque
Pressão neles
O movimento sindical deve conscientizar o trabalhador sobre quem estará na disputa do próximo ano contra ele
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Precipitou-se

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento