Seculo


  • Lava Jato no ES

 

'O Espírito Santo figura hoje como um Estado modelo de destruição da mata atlântica'


11/04/2017 às 17:18
Na entrevista a seguir, o biólogo Piero Ruschi aponta o “caminho sinuoso e irresponsável” que um grupo de professores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), servidores do próprio museu e membros da Sociedade dos Amigos do Museu Mello Leitão (Sambio) têm trilhado para destruir o Museu de Biologia Prof. Mello Leitão, criado em 1949 por seu pai, Augusto Ruschi, Patrono da Ecologia do Brasil.
 
Sob a alegação de atrair o Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA), o grupo empreende, segundo Piero, uma tentativa de destruir a memória de seu fundador e de seu método de conservação ambiental, pautado na luta e na tolerância zero à destruição da natureza.
 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

O antagonista

Além de reinar absoluto no campo de oposição ao governo Hartung, Majeski também nada de braçadas na raia das redes sociais

OPINIÃO
Renata Oliveira
Vai no bolo
As lideranças políticas capixabas devem ficar atentas para não serem atropeladas pelo rolo compressor da indignação
Lídia Caldas
A importância dos probióticos e prebióticos
Se você não se preocupar com isso estará dando passos largos para engrossar as estatísticas de doenças de causas evitáveis
Geraldo Hasse
É preciso equalizar o bem-estar
A crise do capitalismo pode ser resolvida mediante a adoção de um programa comunista de governo
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna – parte II: early years na ilha
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Alô, telefonista?
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Bancada capixaba se movimenta para garantir espaços em 2018

Ambientalistas cobram providências para acabar com poluição em praias de Guarapari

Estratégia política palaciana pode favorecer deputados do interior

Desembargador federal mantém suspensão da prisão de condenados por peculato

‘Há uma opção pelo encarceramento, sobretudo dos jovens das periferias’