Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Deputado cobra providências sobre baixo efetivo de inspetores na Penitenciária de São Mateus


18/04/2017 às 16:54
Na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (18) o deputado estadual Eustáquio de Freitas (PSB) subiu à tribuna do Plenário pedir que a Comissão de Segurança da Casa faça uma audiência pública para cobrar da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) e governo do Estado tome uma providência a respeito da falta de efetivo na Penitenciária Regional de São Mateus (PRSM), no norte do Estado.

O parlamentar embasou a fala num ofício enviado pelo juiz da Vara de Execuções Penais do município, Antônio Carlos Facheti, ao secretário de Estado de Justiça, Wallace Pontes, alertando para o risco vivenciado na unidade, já que o contrato com a empresa Reviver Administração Prisional, responsável pela operacionalização da penitenciária, havia acabado e, com ele, saíram os cerca de 400 funcionários da terceirizada. De acordo com o deputado, a Sejus colocou apenas 20 servidores por plantão para dar conta da segurança na unidade.

Ele ressaltou que, com o fim do contrato, todos os serviços foram paralisados, como o atendimento em saúde e as aulas do ensino fundamental, que tinham 23 professores ministrando aulas a mais de 300 internos.

A empresa é responsável pela administração da penitenciária desde 2011, ano em que venceu a licitação para a operacionalização da unidade. Em abril de 2016, o contrato foi prorrogado pela quinta vez, que é a última possível, pelo valor mensal de R$ 1,1 milhão. A empresa venceu a concorrência pública aberta pela Sejus, publicada no Diário Oficial do Estado em 27 de março, no entanto, ainda não reiniciou os trabalhos. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Descompasso

Hartung priorizou tanto lotear a gestão com quadros políticos, que os embates ocorrem na contramão de sua própria estratégia. Rodney Miranda que o diga...

OPINIÃO
Editorial
Esgoto veio à tona
Manietada pelo governo, CPI para investigar Cesan se torna obrigatória após denúncias envolvendo a companhia
Piero Ruschi
O desmanche do Museu Mello Leitão
Um ato de desrespeito à população que foi camuflado e conta com o apoio da própria diretoria e sua associação de amigos
Renata Oliveira
Vai liberar?
Rodrigo Janot pode criar um precedente muito ruim para a política brasileira ao anistiar quem recebeu o “caixa dois do bem”
Caetano Roque
Desmonte em curso
Enquanto o movimento sindical dorme , o capital segue a passos largos a retirada de direitas
Nerter Samora
#SomosTodosBaianinho
Causa espécie um encontro às portas fechadas entre o governo e parte do empresariado capixaba logo após a “delação do fim do mundo”
Geraldo Hasse
O despudor do poder
O marqueteiro-mór pagou multa de R$ 30 milhões à Justiça, deu depoimento e saiu rindo
JR Mignone
Inquietudes políticas
O ''Fica, temer'' de Gaspari e a pesquisa que confirma a memória curta do eleitor
Caetano Roque
Greve na rua
É hora de o trabalhador dar a resposta as ações antidemocrática do governo golpista
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna, em transição
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Nossa Terra, nossa gente
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

CPI da Odebrecht quer investigar contratos de empreiteiras com setor público

Descompasso

Sindicato quer que Nestlé preste esclarecimentos sobre possível venda da marca Serenata de Amor

Empresa de informática nega irregularidades em contratos com a Sesa

Assembleia barra projeto que acaba com exclusividade da Cesan na região metropolitana