Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Tribunal de Contas suspende licitação de obras de saneamento em Itapemirim


20/04/2017 às 18:28
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou a suspensão da concorrência pública do sistema de esgotamento do distrito de Itaipava, em Itapemirim (região litoral sul). Na decisão cautelar, o conselheiro-relator Rodrigo Chamoun, apontou a existência de quatro indícios de irregularidades no edital da licitação avaliada em até R$ 19,5 milhões. O prefeito Luciano de Paiva Alves (PROS) terá dez dias para cumprir a decisão. A continuidade do certame depende agora de um novo pronunciamento da Corte.

A medida atende ao pedido feito em uma representação, cujo autor teve a identidade preservada. A denúncia narra possíveis irregularidades no edital da licitação, que restringiria a participação de mais empresas, bem como dificultaria a elaboração da proposta de preços. Entre os indícios de irregularidades encontrados pela área técnica estão: a ausência de parcelamento do objeto da contratação, proibição da participação de consórcios, exigência de itens de menor relevância e a proibição do somatório de atestados.

Entre as determinações do TCE, o prefeito Doutor Luciano e o secretário de Obras, Amom dos Santos Lima, terão o mesmo prazo de dez dias para, querendo, se explicarem sobre os indícios de irregularidade. Caso descumpra a ordem, os responsáveis podem ser responsabilizados, de forma solidária, a ressarcir eventuais danos ao erário, bem como a aplicação de multa e a sustação do ato pelo Tribunal ou Legislativo local.

Nos autos do processo (TC 337/2017-7) , o autor da denúncia pede a anulação do edital para evitar a contratação supostamente irregular. A decisão monocrática foi ratificada pelo plenário da Corte na sessão do último dia 11.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Ensaiado

Mudança de planos de Ricardo Ferraço na condução da Reforma Trabalhista atende à estratégia de Temer e da classe empresarial. Falou de empresário, é com ele mesmo!

OPINIÃO
Editorial
Defesa burocrática
Secretário Júlio Pompeu fez um discurso burocrático para defender o governo Hartung na Corte Interamericana de Direitos Humanos
Renata Oliveira
O universo conspira
A onda de falta de sorte do governador, iniciada em fevereiro, insiste em não passar
Caetano Roque
Venceu o pragmatismo
Ao reeleger o grupo que se perpetua na direção, PT perde um pouco mais de sua ideologia
Geraldo Hasse
Seremos todos boias-frias?
A palavra reforma, sempre associada a avanços, está sendo aplicada a um retrocesso
JR Mignone
Sérgio Bermudes, sempre atual
''Existe uma crise no Judiciário, que vai da falta de juízes, da infraestrutura adequada, até a postulação e prestação precárias''
Caetano Roque
A hora do Judiciário
O Supremo tem que mostrar a que veio e a serviço de quem está
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Nenna – parte II: early years na ilha
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Odebrecht quebrou a "Omertá", e agora?
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A sombra
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

CNMP pode acabar com pagamento de ‘horas-extras’ a promotores no Espírito Santo

Disputa pelo poder em Itapemirim reacende tensão entre prefeito e vice

Defesa burocrática

Ensaiado

Esgoto na Praia de Santa Helena não se resolve com teste de balneabilidade