Seculo

 

Prefeitura de Vitória flagra lançamento de esgoto na Ilha da Frade e multa Cesan


10/05/2017 às 00:00
Banhistas que pegavam praia próximo ao Iate Clube nesta terça-feira (9), na Praia do Canto, em Vitória, se assustaram com a cor escura da água do mar. Logo perceberam que se tratava de esgoto lançado de uma manilha. 
 
Após confirmar o lançamento clandestino de esgoto na rede de drenagem pluvial que desemboca na praia, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (Semmam) imediatamente deslocou uma equipe técnica ao local. Preventivamente, a Semmam interditou a praia à esquerda da ponte da Ilha do Frade. Foram fixadas placas, indicando que a água está imprópria para os banhistas.
 
Em seguida, a Semmam notificou a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), através da Gerência de Controle Ambiental. Segundo a Semmam, a empresa foi multada em R$ 56 mil, por meio da Fiscalização Ambiental.
 
A Semmam ainda solicitou o regime de urgência de uma análise microbiológica da água com intuito de apurar a contaminação da praia, que deve ficar interditada até sexta-feira (12). 
 
O lançamento ilegal de esgoto é mais um capítulo do embate entre a Prefeitura de Vitória e a Cesan. O prefeito Luciano Rezende (PPS) abriu uma crise com o governo do Estado ao anunciar que encomendaria um estudo de uma empresa do Paraná com o intuito de tirar a concessão das mãos da Cesan e entregá-la à iniciativa privada. 
 
Desde que a crise teve início, há cerca de um mês, prefeitura e governo vêm trocando acusações. Luciano contesta a qualidade do serviço de água e esgoto oferecido pela Cesan aos moradores de Vitória. 
 
Quando a crise começou, o secretário-chefe da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior, acusou o prefeito de de “voluntarismo antimetropolitano”. Ele lembrou que Vitória não produz água. “Essa iniciativa é de um voluntarismo que vai contra a lógica metropolitana e a solução metropolitana”, disse o secretário à época ao jornal A Gazeta.
 
A resposta do secretário de Gestão Estratégica da Prefeitura, Fabrício Gandini (PPS), porém, desmontou o discurso Fonseca Júnior. “Olha, enquanto estamos conversando, milhões de litros de esgoto estão sendo lançados nas nossas praias. E não existe hoje nenhum plano que tenha sido apresentado pela Cesan para Vitória”, afirmou Gandini.
 
O flagrante desta terça-feira confirma que Gandini tinha razão sobre os lançamentos de esgoto irregular da Cesan. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Leonardo Duarte/Secom
Uma coisa só

Enquanto no campo nacional PRB e MDB ainda estão em fase de namoro, no Estado o partido já é um “puxadinho” de Hartung. E tudo começou com Roberto Carneiro...

OPINIÃO
Editorial
MPES omisso
Ministério Público decidiu não participar das audiências de custódia. Um dos prejuízos: denúncias contra tortura, comumente relatada por presos
Piero Ruschi
Pets: uma questão de responsabilidade socioambiental
Felizes as pessoas que podem ter um animal de estimação! Felizes os animais de estimação que têm um dono responsável!
Gustavo Bastos
Para que Filosofia?
''é melhor existir do que o nada''
Bruno Toledo
Por que negar os Direitos Humanos?
Não há nada de novo nesse discurso verde e amarelo que toma as ruas. É a simples manutenção das bases oligárquicas do Brasil
Eliza Bartolozzi Ferreira
Políticas de retrocesso
Dados educacionais do governo Paulo Hartung são alarmantes
Geraldo Hasse
Vampirismo neoliberal
O governo oferece refrescos aos trabalhadores enquanto suga seu sangue
Roberto Junquilho
Quem governa?
Um novo porto na região de Aracruz demonstra que, para as corporações, as minorias não importam
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uh, Houston, temos um problem
MAIS LIDAS

Uma coisa só

Marcos Vicente mantém vice-presidência da CBF e amplia influência no Estado

MPES omisso

Processo de Valci Ferreira e Gratz por crime de peculato será remetido ao STF

Cedrolândia ainda aguarda resposta do prefeito sobre escola condenada