Seculo

 

Prefeitura de Vitória flagra lançamento de esgoto na Ilha da Frade e multa Cesan


10/05/2017 às 00:00
Banhistas que pegavam praia próximo ao Iate Clube nesta terça-feira (9), na Praia do Canto, em Vitória, se assustaram com a cor escura da água do mar. Logo perceberam que se tratava de esgoto lançado de uma manilha. 
 
Após confirmar o lançamento clandestino de esgoto na rede de drenagem pluvial que desemboca na praia, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (Semmam) imediatamente deslocou uma equipe técnica ao local. Preventivamente, a Semmam interditou a praia à esquerda da ponte da Ilha do Frade. Foram fixadas placas, indicando que a água está imprópria para os banhistas.
 
Em seguida, a Semmam notificou a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), através da Gerência de Controle Ambiental. Segundo a Semmam, a empresa foi multada em R$ 56 mil, por meio da Fiscalização Ambiental.
 
A Semmam ainda solicitou o regime de urgência de uma análise microbiológica da água com intuito de apurar a contaminação da praia, que deve ficar interditada até sexta-feira (12). 
 
O lançamento ilegal de esgoto é mais um capítulo do embate entre a Prefeitura de Vitória e a Cesan. O prefeito Luciano Rezende (PPS) abriu uma crise com o governo do Estado ao anunciar que encomendaria um estudo de uma empresa do Paraná com o intuito de tirar a concessão das mãos da Cesan e entregá-la à iniciativa privada. 
 
Desde que a crise teve início, há cerca de um mês, prefeitura e governo vêm trocando acusações. Luciano contesta a qualidade do serviço de água e esgoto oferecido pela Cesan aos moradores de Vitória. 
 
Quando a crise começou, o secretário-chefe da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior, acusou o prefeito de de “voluntarismo antimetropolitano”. Ele lembrou que Vitória não produz água. “Essa iniciativa é de um voluntarismo que vai contra a lógica metropolitana e a solução metropolitana”, disse o secretário à época ao jornal A Gazeta.
 
A resposta do secretário de Gestão Estratégica da Prefeitura, Fabrício Gandini (PPS), porém, desmontou o discurso Fonseca Júnior. “Olha, enquanto estamos conversando, milhões de litros de esgoto estão sendo lançados nas nossas praias. E não existe hoje nenhum plano que tenha sido apresentado pela Cesan para Vitória”, afirmou Gandini.
 
O flagrante desta terça-feira confirma que Gandini tinha razão sobre os lançamentos de esgoto irregular da Cesan. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Bicho-papão
O ajuste fiscal de Paulo Hartung precisa do exemplo do Rio de Janeiro tanto para cortar quanto para supervalorizar a liberação de recursos
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Caetano Roque
Pressão neles
O movimento sindical deve conscientizar o trabalhador sobre quem estará na disputa do próximo ano contra ele
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Precipitou-se

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento