Seculo

 

Prefeitura de Vitória flagra lançamento de esgoto na Ilha da Frade e multa Cesan


10/05/2017 às 00:00
Banhistas que pegavam praia próximo ao Iate Clube nesta terça-feira (9), na Praia do Canto, em Vitória, se assustaram com a cor escura da água do mar. Logo perceberam que se tratava de esgoto lançado de uma manilha. 
 
Após confirmar o lançamento clandestino de esgoto na rede de drenagem pluvial que desemboca na praia, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos (Semmam) imediatamente deslocou uma equipe técnica ao local. Preventivamente, a Semmam interditou a praia à esquerda da ponte da Ilha do Frade. Foram fixadas placas, indicando que a água está imprópria para os banhistas.
 
Em seguida, a Semmam notificou a Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), através da Gerência de Controle Ambiental. Segundo a Semmam, a empresa foi multada em R$ 56 mil, por meio da Fiscalização Ambiental.
 
A Semmam ainda solicitou o regime de urgência de uma análise microbiológica da água com intuito de apurar a contaminação da praia, que deve ficar interditada até sexta-feira (12). 
 
O lançamento ilegal de esgoto é mais um capítulo do embate entre a Prefeitura de Vitória e a Cesan. O prefeito Luciano Rezende (PPS) abriu uma crise com o governo do Estado ao anunciar que encomendaria um estudo de uma empresa do Paraná com o intuito de tirar a concessão das mãos da Cesan e entregá-la à iniciativa privada. 
 
Desde que a crise teve início, há cerca de um mês, prefeitura e governo vêm trocando acusações. Luciano contesta a qualidade do serviço de água e esgoto oferecido pela Cesan aos moradores de Vitória. 
 
Quando a crise começou, o secretário-chefe da Casa Civil, José Carlos da Fonseca Júnior, acusou o prefeito de de “voluntarismo antimetropolitano”. Ele lembrou que Vitória não produz água. “Essa iniciativa é de um voluntarismo que vai contra a lógica metropolitana e a solução metropolitana”, disse o secretário à época ao jornal A Gazeta.
 
A resposta do secretário de Gestão Estratégica da Prefeitura, Fabrício Gandini (PPS), porém, desmontou o discurso Fonseca Júnior. “Olha, enquanto estamos conversando, milhões de litros de esgoto estão sendo lançados nas nossas praias. E não existe hoje nenhum plano que tenha sido apresentado pela Cesan para Vitória”, afirmou Gandini.
 
O flagrante desta terça-feira confirma que Gandini tinha razão sobre os lançamentos de esgoto irregular da Cesan. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Quem dá mais?

Enquanto o mercado político se divide cada vez mais entre o bloco palaciano e o puxado por Casagrande, Audifax segue com acenos para o lado que mais convém

OPINIÃO
Editorial
Castigada seja a hipocrisia!
Ideal, mesmo, seria ver tamanha indignação dos deputados estaduais no debate sobre nudez artística em casos reais de atentado à paciência da sociedade
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
Hora do plano B
Os planos de Hartung e Colnago retornam à estaca zero com a saída de Luiz Paulo do PSDB
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Assembleia Legislativa enterra projeto de censura nas artes

Daniel da Açaí exonera todos os aposentados da prefeitura de São Mateus

Plástico que mata animais marinhos é encontrado na águas das torneiras

Castigada seja a hipocrisia!

Majeski reapresenta projeto que obriga Executivo a informar incentivos fiscais