Seculo

 

Moradores conseguem reverter fechamento de posto de atendimento do Banestes em Barra do Riacho


13/05/2017 às 18:45
Os moradores da localidade de Barra do Riacho, em Aracruz, norte do Estado, se uniram e conseguiram que o Banestes revertesse o fechamento do posto de atendimento do distrito. Ao anúncio de fechamento, os moradores acionaram a prefeitura e os vereadores do município e pressionaram o banco para que mantivesse a unidade aberta.

Somente o posto de Barra do Riacho atende a cerca de 30 mil pessoas na região, que compreende aos distritos de Barra do Riacho, Vila do Riacho, Barra do Sahy e Cachoeirinha. Mesmo com esse volume de atendimentos, a instituição alegava que o posto não é rentável.

A possibilidade de fechamento levou a uma reunião, na última quarta-feira (10), com presença massiva de moradores no Centro de Saúde da localidade, para cobrar a permanência do posto na comunidade. A audiência teve presença de representantes do banco, do prefeito de Aracruz, Jones Cavaglieri (SD), e do Sindicato dos Bancários do Estado (Sindibancários-ES).

No dia seguinte à reunião, a comunidade fez um ato público em frente ao posto, pedindo que ele fosse mantido em Barra do Riacho.

Piaçu

O mesmo caso aconteceu em dezembro de 2016, no distrito de Piaçu, em Muniz Freire, na região do Caparaó. Os moradores e produtores rurais foram surpreendidos pelo fechamento do posto de atendimento que funcionava havia 37 anos no distrito.

A indignação tomou conta de Piaçu, que tem cerca de seis mil habitantes, e houve uma reunião entre os moradores; o diretor comercial do banco, Alexandre Ceotto; os diretores do Sindibancários, Jonas Freire e Paulo Soares; o pároco Carlos Renato de Carvalho; a senadora Rose de Freitas (PMDB); a deputada estadual Luzia Toledo (PMDB); e o prefeito de Muniz Freire, Dr. Carlinho (Pros).

A comunidade fez um protesto contra o fechamento do posto, que prejudicou a todos os moradores, que teriam de se deslocar 18 quilômetros para ter acesso à agência do banco, no Centro de Muniz Freire.

O acesso à agência de Muniz Freire para os moradores da localidade que não têm veículo próprio é difícil, já que o ônibus que faz o itinerário entre o Centro e Piaçu passa de quatro em quatro horas.

Grande parte dos moradores da localidade recebe salários e aposentadorias pelo Banestes e também utiliza o posto para o pagamento de contas.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Mais um 'lote'

Depois de conseguir o controle do PSDB e retomar o do DEM, Hartung se volta para um antigo aliado: o PDT

OPINIÃO
Editorial
'Caos' das artes
Previsão de gastos com Cais das Artes até 2018 daria para comprar 60 clubes iguais ao Saldanha da Gama
Piero Ruschi
Perseguição à honra de Ruschi
Infelizmente, de nada valeram meus 14 anos de contribuição mediante a minha postura de defender o Museu Mello Leitão, criado por meu pai
Renata Oliveira
Cidadãos ilustres
Assembleia deve tomar cuidado com suas medalhas, pois os homenageados de hoje podem ser os apedrejados de amanhã
Gustavo Bastos
Bancas de jornal
A banca de jornal, hoje, é um mundo que tem tudo
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
Caetano Roque
Agora é tarde
Não adianta a bancada fazer discurso a favor do trabalhador se ela votou quase à unanimidade a favor do impeachment
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Mais um 'lote'

Operação da Polícia Federal pune empresa que lançava esgoto in natura no Rio Doce

PDT realiza convenção estadual em dezembro de olho em 2018

Impopularidade de proposta teria pressionado recuo em homenagem a Lula

MPES quer reinclusão do fundador da Imetame em ação de improbidade