Seculo

 

Espetáculo de dança 'Transeunte' será apresentado gratuitamente no Carlos Gomes


17/05/2017 às 15:42
Com coreografias caracterizadas pelo estilo autônomo de bailarinos e intérpretes, e sem técnicas ou elementos específicos, a dança contemporânea busca um sentido mais experimental e menos padronizado. Quem gosta do estilo poderá conferir, no próximo dia 27, o espetáculo ‘Transeunte’, que será apresentado no palco do Theatro Carlos Gomes, às 20 horas. A entrada é gratuita.

“Transeunte” aborda a maneira como as pessoas se comportam no cotidiano, como nos caminhos para casa ou para o trabalho, por exemplo. As pessoas estão sempre transitando no dia a dia, e a proposta do espetáculo é investigar os movimentos para buscar um estado de presença mais denso.

A peça “Transeunte” - que também marca os 31 anos da Cia de dança Mítzi Marzzuti - foi aprovada via edital 018/2016 Produção de Artes Cênicas, com direção e iluminação de Mitzi Moreira Mendonça, coreografia e direção cênica de Henrique Lima.

Henrique Lima é um bailarino e coreógrafo natural do Recife (PE), baseado em São Paulo, e iniciou os estudos em dança em 1991. Ele fez parte e importantes companhias do cenário nacional e internacional como Balé Popular do Recife, Compassos Cia de Dança, Vias da Dança, Cisne Negro Cia de Dança, Balé Da Cidade De São Paulo, Quasar Cia De Dança, J.Gar.Cia, Companhia Portuguesa De Bailado Contemporâneo (Lisboa), Grua –Corpos de Passagem , Omstrab, Pultz Teatro coreográfico entre outras.

Trabalhou com importantes coreógrafos da cena contemporânea, como Henrique Rodovalho, Rui Moreira, André Mesquita, Mario Nascimento, Jorge Garcia, Patrick Delcroix , Itzik Galili, Nina Botkay. Na África participou de um processo artístico que somava as danças populares africanas, com dança contemporânea e a percussão. Como Coreógrafo atuou na Companhia de bailado De Ourinhos (STAC e UNTAR), Balé da Cidade de São Paulo (No Toque) Vias da Dança-PE ( Só Pó) J.Gar.Cia (Cantinho De Nóis) , Cisne Negro( Vem Dançar). No ano Brasil na França foi responsável por ministrar aulas de capoeira na dança Contemporânea . Além de trabalhos com artistas independentes apresentou nas principais capitais do Brasil e em países como Alemanha, França, Portugal, Paris, Espanha, Chile, Peru , Argentina, Chile e Bolívia.

Serviço:

Local: Teatro Carlos Gomes, Centro de Vitória
Data: 27 de maio (sábado)
Horário: 20h
Classificação: Livre
Duração: 55 minutos
Entrada Gratuita

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Quem dá mais?

Enquanto o mercado político se divide cada vez mais entre o bloco palaciano e o puxado por Casagrande, Audifax segue com acenos para o lado que mais convém

OPINIÃO
Editorial
Castigada seja a hipocrisia!
Ideal, mesmo, seria ver tamanha indignação dos deputados estaduais no debate sobre nudez artística em casos reais de atentado à paciência da sociedade
Piero Ruschi
A decadência da celulose
O plantio de eucalipto destinado à produção de celulose no Estado sofrerá reduções extremamente positivas ao capixaba
Gustavo Bastos
Conto carnavalesco
''Qual é o sentido do carnaval para você?''
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
Hora do plano B
Os planos de Hartung e Colnago retornam à estaca zero com a saída de Luiz Paulo do PSDB
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Castigada seja a hipocrisia!

Polícia Militar tenta calar cabos e soldados após publicações na internet

Quem dá mais?

Ricardo Ferraço ensaia chapa casada ao Senado com Amaro Neto

Estudantes reagem contra manutenção do reajuste na passagem de ônibus