Seculo

 

La vie en rose


18/05/2017 às 14:01
Se é verdade que o governador Paulo Hartung (PMDB) tirou alguns dias de licença médica e viajou para Paris, temos uma situação delicada para analisar. Se mesmo sem essa informação, a classe política já não estava muito propensa a aceitar a movimentação do governador, sem considerar seu viés político, agora então, ficou muito mais grosseiro.
 
Hartung disse uma coisa e fez outra. Para a sociedade, a informação era de que ele se afastaria para tratamento médico e não para uma viagem com a primeira-dama à Europa. Isso aconteceu na véspera de prestar contas na Assembleia, deixando a bomba na mão de seu vice César Colnago (PSDB). Pior, não tinha nada marcado. Deu posse ao vice e depois mandou o ofício comunicando a ida do vice ao Legislativo nessa quarta-feira (17).
 
Outra situação complicada é que isso acontece também na véspera da matéria publicada na Folha de S. Paulo, sobre a entrega nos próximos dias, do pedido de abertura de inquérito sobre a delação de Benedicto Júnior, BJ, o que deve reaquecer as denúncias e aumentar o desgaste da imagem, logo agora que ele estava tentando se recuperar politicamente.
 
Uma terceira situação complicada é a nacional, que atinge o seu atual PMDB e o pretenso futuro partido, PSDB. Não é de hoje que Temer ouve hartung, bem antes daquele misterioso almoço na Residência Oficial da Praia da Costa, antes do impeachment da presidente Dilma Rousseff, ele já contava com o governador para articular os espaços do partido no Estado.
 
Com Aécio Neves, a situação é diferente. Eles eram aliados até a disputa eleitoral de 2014. Em 2007, quando era governador de Minas, Aécio condecorou Hartung com a medalha Santos Dumont, uma das maiores honrárias daquele estado.
 
Na eleição passada, porém, Aécio não gostou muito da parceria com o governador capixaba no Estado. Ele esperava um maior empenho de Hartung, tanto que o governador estaria tentando se aproximar de Geraldo Alckmin para tentar seu retorno ao PSDB.
 
Agora os dois, Temer e Aécio estão em uma situação delicadíssima, por isso, a viagem de Hartung ganha contornos ainda mais políticos. Ficou parecendo que, já prevendo que as coisas iriam se complicar, sobretudo, em relação à prestação de contas, ele preferiu ficar bem longe.
 
O problema é que, repetindo, se for verdade, a viagem de Hartung a Paris vai trazer ainda mais desgastes quando ele voltar. É sempre bom lembrar que tem sempre um capixaba em algum ponto do planeta presenciando os eventos. Sua viagem não foi diferente, não ficaria em segredo por muito tempo.
 
Fragmentos:
 
1 – Ausência sentida na prestação de contas do governador em exercício César Colnago foi do secretário de Agricultura, Octaciano Neto. Enquanto o clima esquentava no plenário, o titular da pasta almoçava tranquilamente no Hortomercado.
 
2 – Voltou com força a história do encontro entre o governador Paulo Hartung (PMDB) com o então vice-presidente Michel Temer, em dezembro de 2015, antes de o processo de impeachment ser deflagrado.
 
3 – De que tanto ria o deputado Carlos Manato (SD) ao lado do presidente da Mesa Diretora da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), na hora que o circo pegou fogo em Brasília?

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Tabuleiro de 2018

Ele já negou intenção de deixar o PT ou mudanças de planos, mas movimentações de Givaldo continuam chamando atenção do mercado político

OPINIÃO
Editorial
Fosso social
No Espírito Santo, população negra é mais vulnerável à violência, é maioria no sistema carcerário e nas filas de desempregados
Renata Oliveira
Solidão sem fim
A oposição de Majeski na Assembleia não encontra coro entre os pares, nem no grupo arredio
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

'Orgânico não tem que ser caro'

Seminário debate formas de erradicar o trabalho infantil

Tabuleiro de 2018

Eleição da nacional alimenta divisão no PSDB capixaba

Cariacica pode ter redistribuição de votos para disputa eleitoral de 2018