Seculo


  • Lava Jato no ES

 

Theodorico Ferraço defende legado de Casagrande na Assembleia


12/06/2017 às 17:37
No final de maio, durante encontro regional do PSB em Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado, o “convidado de honra” veio de fora do partido. O deputado estadual Theodorico Ferraço (DEM) roubou a cena no encontro ao manifestar apoio ao ex-governador Renato Casagrande, projetando que o socialista é virtual candidato ao Palácio Anchieta em 2018. “Daqui pra frente, só não estarei ao lado de Casagrande se ele não quiser”, avisou. 
 
Na sessão desta segunda-feira (12) na Assembleia o deputado mostrou que o apoio não era só da boca pra fora. Desde que anunciou o apoio ao socialista, Ferraço fez a primeira intervenção em defesa do mandato do ex-governador. O deputado do DEM lembrou que o então governador do PSB conquistou importantes linhas de empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), já prevendo que esse reforço no caixa poderia compensar as perdas impostas pelo fim do Fundo de Desenvolvimento das Atividades Portuárias (Fundap). 
 
O ex-presidente da Assembleia se referia ao empréstimo de R$ 3 bilhões contraído junto ao BNDES. Ferraço justificou que alguns projetos que seriam financiados com esses recursos não chegaram a ser concluídos, porque não houve tempo, e foram transferidos para a gestão atual. O deputado criticou a gestão do governador Paulo Hartung, que teria abandonado alguns projetos do antecessor e dado prosseguimento apenas aos que lhe interessavam politicamente. 
 
Ferraço, após esclarecer que falava com propriedade porque não havia feito parte do palanque que elegeu Casagrande — do que disse se arrepender —, afirmou que as obras que foram retomadas agora só estão andando graças a esse empréstimo. 
 
A defesa de Ferraço ao legado do socialista talvez tenha sido feita pela primeira vez como sempre sonhou o ex-governador. O partido tem dois deputados na Assembleia: Freitas e Bruno Lamas. O primeiro até tem se esforçado para defender o mandato de Casagrande. Já o segundo, abre mão da defesa sempre que o assunto esbarra nos interesses do atual governo. 
 
Considerando a imprevisibilidade de Ferraço, é difícil prever qual a longevidade desse apoio, mas Casagrande ganha, ao menos por enquanto, um defensor de peso na Assembleia.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Cortina de ferro

Como o PT vai sair do imbróglio em que se meteu após a eleição de Coser (foto) para comandar o partido?

OPINIÃO
José Rabelo
A ocasião faz a cabeça
Preocupado em descolar a Reforma Trabalhista de Temer, Ricardo Ferraço se alinha à narrativa dos tucanos cabeças pretas
Piero Ruschi
Ecomemória: lembranças da destruição ambiental no ES
Guardo em casa um jogo curioso. Na capa, o Museu Mello Leitão ao lado da Aracruz Celulose - uma atroz incoerência lógica
Lídia Caldas
Nutrição e gestação
Será que uma gestante tem mesmo necessidade de uma dieta alimentar diferenciada?
Geraldo Hasse
Salgado Filho, um simples herói
Hoje ninguém mais lembra o advogado que regulamentou o comércio dos ambulantes
Caetano Roque
Água da mesma pipa
Na verdade, não houve embate na eleição no Sindicomerciários
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Uma festa para Ro Ro que rolou escada abaixo
Panorama Atual

Roberto Junquilho

O cinismo explícito e a esperança de fora Temer renovada
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Meu dia, seu dia
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Ferraço: 'Hartung continua o mesmo: enganando, tripudiando e passando por cima de todos'

Distritão ganha força no Congresso e pode pôr fim ao 'efeito Tiririca'

Cortina de ferro

Audiência pública debate contaminação e mortandade de peixes em rios de Aracruz

Comdema nega recurso à Infraero e mantém multa de R$ 535 mil por emissão de poeira