Seculo

 

TCE pede rejeição das contas dos ex-prefeitos de Muniz Freire e Fundão


07/07/2017 às 12:28
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu pareceres prévios pela rejeição das contas do ex-prefeito de Muniz Freire (região Caparaó), Fernando Mignone, e de Fundão (região Metropolitana), Maria Dulce Rúdio Soares, nos exercícios de 2015 e 2014, respectivamente. Foram apontadas irregularidades contábeis nos dois casos. O julgamento definitivo das contas cabe às Câmaras de Vereadores.

Em Muniz Freire, as irregularidades apontadas no relatório técnico foram mantidas pelo relator, conselheiro Sebastião Carlos Ranna. Neste processo (TC 3821/2016) foram apontados a inobservância da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) quanto à limitação de empenho; déficit orçamentário e financeiro; inscrições de restos a pagar não processados sem disponibilidade financeira; não recolhimento das contribuições previdenciárias; e descumprimento do limite legal com despesa de pessoal.  A 1ª Câmara do TCE decidiu ainda pela formação de autos apartados para aplicação de multa.

No caso de Fundão, o conselheiro-relator Carlos Ranna também acolheu as irregularidades apontadas pela área técnica da Corte na análise das contas de Maria Dulce. No processo (TC 4071/2015) foram apontadas divergências no balanço orçamentário; e abertura de créditos adicionais em montante superior ao autorizado em lei e sem fonte de recursos suficiente.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

De demolidor a demolido

Até outro dia, o MDB era o partido mais importante do Estado, mas entrou em agonia com a interferência de PH

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Bruno Toledo
Estado sem PIEDADE!
As tragédias que se sucedem no Morro da Piedade sintetizam as contradições mais evidentes e brutais do modelo de sociedade e de Estado que estamos mergulhados
Geraldo Hasse
Mundo velho sem catraca
Cinquenta anos depois, é possível fazer um curso técnico por correspondência via internet
Roberto Junquilho
Hartung, o suspense
O governador Paulo Hartung mantém o suspense e pode até não disputar a reeleição em 2018
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Uma revoada de colibris
MAIS LIDAS

Visita de interlocutores de Hartung a Rodrigo Maia sinaliza mudança de cenário

Contrato do governo do Estado com a Cetesb sobre poluição do ar continua sigiloso

Juiz Leopoldo mais próximo de ir a Júri Popular por assassinato de Alexandre Martins

LDO será votada na próxima segunda-feira na Assembleia

Hartung, o suspense