Seculo

 

CPI dos Guinchos cobra serviço de guincho em Vitória


10/07/2017 às 16:40
Na sessão desta segunda-feira (10) da CPI da Máfia dos Guinchos, o presidente Enivaldo dos Anjos (PSD) cobrou da Prefeitura de Vitória a realização de serviço de guinchamento de veículos, desde que o serviço não seja terceirizado. A CPI ouviu secretário municipal de Segurança Urbana, Fronzio Calheira Mota, e o subsecretário Luiz Roberto Ramalhete e o subsecretário da Guarda Civil Municipal, Edvandro Sipolatti Esguersoni. 
 
Entre os integrantes da comissão, apenas Enivaldo compareceu. A relatora Janete de Sá (PMN) e o vice-presidente Marcelo Santos (PMDB) não compareceram.
 
Os convocados informaram que, atualmente, a prefeitura da capital não tem contrato para guinchamento de veículos. Uma situação que, segundo Fronzio Calheira, não é exclusiva de Vitória. “Todos os municípios da Grande Vitória estão sem contrato de guincho. E o mais complicado é onde deixar o veículo”, disse. 
 
Enivaldo, disse, no entanto, que o poder público tem que tomar providências contra o motorista irregular, que, por exemplo, estaciona na frente de uma garagem. O presidente da CPI rejeitou a terceirização do serviço de guinchamento por considerar que tais modalidades desfalcam o erário.
 
A sessão não debateu a suspeita de cobrança de multas de forma irregular por parte de agentes de trânsito municipais. Na próxima segunda-feira (17), o membros da CI irão se reunir com representantes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES).

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Fazendo escola

Temer em Brasília, Hartung e Luciano Rezende no Espírito Santo: retaliações a quem anda “fora da linha” nunca estiveram tão na moda como agora

OPINIÃO
Editorial
Em causa própria
Promotor Marcelo Zenkner usa cargo público para promover projeto pessoal
Piero Ruschi
Festa de fachada
Comemoração da Sambio evidencia que o Museu Mello Leitão segue precisando de verdadeiros amigos
Renata Oliveira
Pela emoção
Magno Malta sempre tem uma carta na manga para a disputa eleitoral. Mas desta vez o cenário é diferente
JR Mignone
O repórter e a polícia
A vítima não foi repórter, foi a professora
Caetano Roque
Inversão de papéis
O movimento sindical foi dar uma de direita e agora perdeu o caminho da rua
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

O cinismo explícito e a esperança de fora Temer renovada
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

O tempo entre as vírgulas
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Família busca indenização por morte de jovem em unidade prisional

Grupo de Luciano tenta sufocar oposição com corte de cargos

PP classifica como 'desproporcional' críticas de vereador contra Hartung

Hartung e Casagrande seguem disputando espaço no interior

Fazendo escola