Seculo

 

MPC pede suspensão de processo seletivo de São Domingos do Norte


26/07/2017 às 17:12
O Ministério Público de Contas (MPES) representou ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) pedindo a suspensão de diversos editais de processos seletivos simplificados lançados pela prefeitura de São Domingos do Norte, no noroeste do Estado, que contêm irregularidades.

Os editais são para contratação temporária de servidores na Secretaria Municipal de Educação (Semec) e no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). O MPC apontam que os editais preveem que os cargos para os quais se pretendem contratar temporariamente dão poder de polícia ao servidor, por isso, só podem ser desempenhados por efetivos.

Além disso, os editais também preveem realização da seleção exclusivamente por meio de comprovação de títulos e experiência profissional; e a diferenciação da pontuação por experiência profissional, sendo pontuado em dobro pelo tempo de serviço prestado no setor público.

Dentre os cargos a serem preenchidos por processo seletivo simplificado está o de agente de Arrecadação, agente fiscal de Saúde Sanitária e agente de Fiscalização e Administração Ambiental. Todos esses cargos têm atribuições de poder de polícia e só devem ser exercidos por servidores com vínculo estatutário e não meramente contratual.

O órgão ministerial também aponta que é irregular a previsão de etapa única para os três certames abertos, com apenas uma prova de títulos. O Edital 001/2017 é para contratação para diversos cargos nas áreas de Saúde e Meio Ambiente; o 002/2017, para os cargos de ajudante, contador e químico do SAAE; e o 003/ 2017 para professor e outros profissionais da Secretaria Municipal de Educação.

O MPC ressalta que é imprescindível a realização de uma prova objetiva para a seleção para os cargos, a exemplo de decisão recente do TCE, que considerou ilegal somente a análise de títulos e suspendeu diversos editais semelhantes aos de São Domingos do Norte.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Majeski deve bater asas
Pelo andar da carruagem da disputa pela presidência do PSDB estadual, a história do deputado com o partido caminha para um melancólico fim
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
Caetano Roque
Emprego de ficção
Diariamente vagas e mais vagas são prometidas nos jornais e onde está o sindicato para cobrar isso
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento

Ato público abre Semana Sem Petróleo no Espírito Santo