Seculo

 

Alunos de escola em Cariacica protestam contra implantação do Escola Viva


09/08/2017 às 13:56
Os alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) José Leão Nunes, no bairro Vale Esperança, em Cariacica, protestaram pela segunda vez nesta quarta-feira (9) contra a transformação da unidade em uma Escola Viva. A escola atende atualmente a 1,2 mil alunos de 11 bairros do entorno, mas nem todos eles têm condições de frequentar a unidade em período integral.

Para os alunos, não houve diálogo para a implementação da Escola Viva no José Leão Nunes, apenas uma reunião na última quarta-feira (2) para comunicar. A comunidade escolar não teve direito a opinar sobre a implantação e os professores que não puderem ficar na unidade serão deslocados para outras escolas.

No momento, a escola tem diversos setores fechados ou subutilizados, como a biblioteca e laboratórios de informática, física e química. Quando foi iniciada uma reforma na escola, os alunos pensaram ser para melhorar a estrutura da unidade, mas foram surpreendidos com a informação de se tratar de mais uma unidade da Escola Viva.

A comunidade escolar não se opõe ao projeto em si, mas questiona o fato de ter sido implantado sem diálogo e de nem todos os alunos poderem frequentar uma unidade em tempo integral, já que trabalham para ajudar as famílias.

Além disso, as escolas do entorno também estão superlotadas em condições precárias. Em Bela Aurora tem uma escola, mas para o 1º ao 5º anos do ensino fundamental; no bairro Vistamar também há uma escola estadual, também em condições precárias. Em Cobilândia, Vila Velha, a apenas 10 minutos da escola José Leão Castelo, já existe uma Escola Viva, o que reduz as opções para aqueles alunos que não podem frequentar escola em tempo integral.

Os alunos pretendem fazer novos protestos para demonstrar a insatisfação com a implantação da Escola Viva no José Leão Castelo, chamando a população para se juntar às manifestações.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Quem dá mais?

Enquanto o mercado político se divide cada vez mais entre o bloco palaciano e o puxado por Casagrande, Audifax segue com acenos para o lado que mais convém

OPINIÃO
Editorial
Castigada seja a hipocrisia!
Ideal, mesmo, seria ver tamanha indignação dos deputados estaduais no debate sobre nudez artística em casos reais de atentado à paciência da sociedade
Piero Ruschi
A decadência da celulose
O plantio de eucalipto destinado à produção de celulose no Estado sofrerá reduções extremamente positivas ao capixaba
Gustavo Bastos
Conto carnavalesco
''Qual é o sentido do carnaval para você?''
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
Hora do plano B
Os planos de Hartung e Colnago retornam à estaca zero com a saída de Luiz Paulo do PSDB
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Hora do plano B

Polícia Militar tenta calar cabos e soldados após publicações na internet

Quem dá mais?

Ricardo Ferraço ensaia chapa casada ao Senado com Amaro Neto

Estudantes reagem contra manutenção do reajuste na passagem de ônibus