Seculo

 

Muqui recebe pela 67º vez Encontro Nacional de Folia de Reis


10/08/2017 às 12:28
Caminhando para a sua 67ª edição, o tradicional Encontro Nacional de Folia de Reis de Muqui, neste sábado (12), as ruas do Sítio Histórico de Muqui, no sul do Estado, com o colorido, a musicalidade, a fé, e a alegria desse festejo do catolicismo popular. 
 
Em 1950, foi realizado o 1º Torneio de Folia de Reis em Muqui – evento este que deu origem ao Encontro Nacional, sendo, atualmente, o mais antigo e maior encontro de Folia de Reis do Brasil.  O Encontro contará com a presença de 50 grupos folclóricos vindos do Espírito Santo e de outros estados brasileiros. 
 
Neste ano, a manifestação religiosa reunirá grupos capixabas, mineiros e fluminenses vindos de 24 municípios. Os foliões ao chegarem ao local do evento se concentram na tenda cultural localizada no Jardim Municipal. Durante todo o dia serão diversas atividades, como Encontro de Mestres, cortejo, benção na Igreja de São João Batista, cantoria em diversos locais da cidade, e apresentação dos Palhaços da Folia. 
 
A programação cultural começa às 10h com cantoria das Folias de Reis. Às 11h, os mestres se reúnem no Teatro Nenên Paiva. À tarde, os grupos folclóricos partem em cortejo pelas ruas de Muqui e recebem as bênçãos na Igreja São João Batista.  Às 17h, os cânticos e as batidas e o colorido das folias invadem os pontos turísticos da cidade. No começo da noite, grande encontro das Folias de Reis e premiações.
 
O evento é um momento de intercâmbio que promove a valorização, o fortalecimento, a difusão da cultura popular, e a troca de informações de uma tradição familiar que atravessa séculos, e ao mesmo tempo, estimula o fomento do turismo, trazendo como benefício para a cidade, o desenvolvimento econômico, cultural e social.
 
O 67º Encontro Nacional de Folia de Reis de Muqui é uma realização da Prefeitura Municipal de Muqui com apoio da Secretaria de Cultura do Estado. A produção do evento é de responsabilidade do Instituto Cultural Geração.
 
Programação:
 
10h – Abertura oficial do evento na Tenda Cultural no Jardim Municipal - Centro da cidade;
11h - Reunião dos Mestres no Teatro Neném Paiva;
13h – Cantoria das Folias de Reis na Tenda Cultural;  
15h – Cortejo das Folias de Reis nas ruas principais da cidade em direção a Igreja São João Batista;
16h – Benção das Folias de Reis na Igreja São João Batista;
17h – Apresentação das Folias nos pontos históricos da cidade;
18h – Grande encontro das Folias de Reis na Tenda Cultural com apresentação dos Palhaços;
19h – Encerramento com entrega de troféu de participação na Tenda Cultural.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Carta ao inventor da música
''Mas que alma mora no sol?''
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Roberto Junquilho
Tem jabuti na árvore
Por trás da conturbada escolha do candidato ao governo, há uma clara demostração de poder de Hartung
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

'Devoção' cega

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

A quadrilha democrática da Rua Sete