Seculo

 

Coveiro do Porta a Porta


10/08/2017 às 13:14
O prefeito Luciano Rezende (PPS) aproveitou uma comemoração antecipada dos Dias dos Pais com os servidores municipais, na noite dessa quarta-feira (9), para comentar a votação, em segundo turno, do projeto de Emenda à Lei Orgânica, de autoria do Executivo, que autoriza a integração do serviço municipal de transporte ao Sistema Transcol. 
 
Ao lado de sete vereadores (10 votaram a favor do projeto), Luciano enalteceu as vantagens da integração. Disse que a única forma de fortalecer o transporte municipal de ônibus é a integração dos sistemas. Ele garantiu ainda que o transporte da pessoa com deficiência não será prejudicado com a extinção do Porta a Porta. Ao contrário, assegurou que o Mão na Roda (correspondente estadual) vai melhorar a qualidade do transporte para esse segmento. Será?
 
O vídeo gravado por Luciano, um dia após a votação do projeto, não foi casual, como ele quis fazer parecer. A intenção era aliviar a barra para o lado dos vereadores da base, que aceitaram votar a favor de uma proposta impopular, especialmente para as pessoas com deficiência. Os vereadores não conseguiram disfarçar certo desconforto ante as câmeras. 
 
Neuzinha (PSDB), que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Acessibilidade, parecia a mais constrangida. Já que ela Duda Brasil (PDT), Mazinho dos Anjos (PSD) e Roberto Martins votaram contra o projeto. Aliás, depois de Roberto Martins, a tucana fez as críticas mais agudas ao projeto. “Precisamos da integração. Precisamos. Mas não fala nada em momento algum [sobre o Porta a Porta]”. Reticente, ela lembrou que, na votação para a concessão do serviço de transporte, em 2004, as empresas prometeram “um monte de coisa”, mas, segundo ela, acabaram não cumprindo. 
 
Não se sabe se o vídeo foi uma “pegadinha” do prefeito para cima da vereadora, mas Neuzinha passou a mensagem de estar convencida — algumas horas depois de votar contra o projeto — de que a integração, como defende Luciano, é a melhor solução para o sistema de transporte público municipal. 
 
Por trás da narrativa prepotente do prefeito de que seu projeto recebeu apoio da maioria da Câmara porque é garantia de um salto na qualidade do serviço, se esconde o verdadeiro objetivo da administração municipal, que é reduzir gastos com o transporte público. Luciano, porém, não precisaria ser usuário regular do serviço para saber que o transporte de ônibus (estadual e municipal) deixa muito a desejar, especialmente o destinado à pessoa com deficiência. 
 
Ele também tem plena convicção de que o Mão na Roda não vai dar conta de atender mais uma massa de usuários de Vitória. Esses usuários serão obrigados a migrar para o serviço estadual. Contra o discurso otimista de melhora do serviço, basta lembrar que o Porta a Porta tem quase 400 pessoas na lista de espera, que agora terão que entrar na fila do Mão na Roda.
 
Como tentou alertar o vereador Roberto Martins, a aprovação do projeto está “sepultando” o Porta a Porta, e junto com ele a garantia de acessibilidade desse segmento que é quase sempre excluído. 
 
O prefeito Luciano Rezende parece não se importar em ser coveiro do Porta a Porta porque não é capaz de enxergar a pessoa com deficiência, que continua invisível aos olhos desta administração.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Tabuleiro de 2018

Ele já negou intenção de deixar o PT ou mudanças de planos, mas movimentações de Givaldo continuam chamando atenção do mercado político

OPINIÃO
Editorial
Fosso social
No Espírito Santo, população negra é mais vulnerável à violência, é maioria no sistema carcerário e nas filas de desempregados
Renata Oliveira
Solidão sem fim
A oposição de Majeski na Assembleia não encontra coro entre os pares, nem no grupo arredio
JR Mignone
Rádio bandeira
A trajetória deste segmento de rádio em capitais é grande
Geraldo Hasse
Os golpes se sucedem
Em plena era do GPS, a reforma trabalhista sugere multiplicar os ''chapas''
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Quem me ensinou a nadar
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Fuga do Paraíso
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

'Orgânico não tem que ser caro'

Seminário debate formas de erradicar o trabalho infantil

Tabuleiro de 2018

Eleição da nacional alimenta divisão no PSDB capixaba

Cariacica pode ter redistribuição de votos para disputa eleitoral de 2018