Seculo

 

Coveiro do Porta a Porta


10/08/2017 às 13:14
O prefeito Luciano Rezende (PPS) aproveitou uma comemoração antecipada dos Dias dos Pais com os servidores municipais, na noite dessa quarta-feira (9), para comentar a votação, em segundo turno, do projeto de Emenda à Lei Orgânica, de autoria do Executivo, que autoriza a integração do serviço municipal de transporte ao Sistema Transcol. 
 
Ao lado de sete vereadores (10 votaram a favor do projeto), Luciano enalteceu as vantagens da integração. Disse que a única forma de fortalecer o transporte municipal de ônibus é a integração dos sistemas. Ele garantiu ainda que o transporte da pessoa com deficiência não será prejudicado com a extinção do Porta a Porta. Ao contrário, assegurou que o Mão na Roda (correspondente estadual) vai melhorar a qualidade do transporte para esse segmento. Será?
 
O vídeo gravado por Luciano, um dia após a votação do projeto, não foi casual, como ele quis fazer parecer. A intenção era aliviar a barra para o lado dos vereadores da base, que aceitaram votar a favor de uma proposta impopular, especialmente para as pessoas com deficiência. Os vereadores não conseguiram disfarçar certo desconforto ante as câmeras. 
 
Neuzinha (PSDB), que preside a Frente Parlamentar em Defesa da Acessibilidade, parecia a mais constrangida. Já que ela Duda Brasil (PDT), Mazinho dos Anjos (PSD) e Roberto Martins votaram contra o projeto. Aliás, depois de Roberto Martins, a tucana fez as críticas mais agudas ao projeto. “Precisamos da integração. Precisamos. Mas não fala nada em momento algum [sobre o Porta a Porta]”. Reticente, ela lembrou que, na votação para a concessão do serviço de transporte, em 2004, as empresas prometeram “um monte de coisa”, mas, segundo ela, acabaram não cumprindo. 
 
Não se sabe se o vídeo foi uma “pegadinha” do prefeito para cima da vereadora, mas Neuzinha passou a mensagem de estar convencida — algumas horas depois de votar contra o projeto — de que a integração, como defende Luciano, é a melhor solução para o sistema de transporte público municipal. 
 
Por trás da narrativa prepotente do prefeito de que seu projeto recebeu apoio da maioria da Câmara porque é garantia de um salto na qualidade do serviço, se esconde o verdadeiro objetivo da administração municipal, que é reduzir gastos com o transporte público. Luciano, porém, não precisaria ser usuário regular do serviço para saber que o transporte de ônibus (estadual e municipal) deixa muito a desejar, especialmente o destinado à pessoa com deficiência. 
 
Ele também tem plena convicção de que o Mão na Roda não vai dar conta de atender mais uma massa de usuários de Vitória. Esses usuários serão obrigados a migrar para o serviço estadual. Contra o discurso otimista de melhora do serviço, basta lembrar que o Porta a Porta tem quase 400 pessoas na lista de espera, que agora terão que entrar na fila do Mão na Roda.
 
Como tentou alertar o vereador Roberto Martins, a aprovação do projeto está “sepultando” o Porta a Porta, e junto com ele a garantia de acessibilidade desse segmento que é quase sempre excluído. 
 
O prefeito Luciano Rezende parece não se importar em ser coveiro do Porta a Porta porque não é capaz de enxergar a pessoa com deficiência, que continua invisível aos olhos desta administração.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Secom
'Esquenta'

Com a a abertura das convenções partidárias, nesta sexta-feira, o mercado ganhou maior intensidade com o racha na base de Hartung

OPINIÃO
Editorial
Mais uma porta na cara
O racismo institucional do Palácio Anchieta ficou ainda mais claro com a presença do jornalista Willian Waack, demitido da Rede Globo por comentários racistas
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Além das lágrimas
MAIS LIDAS

'Esquenta'

Largada embolada

Comando da PM não comparece em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça

Projeto que obriga barreiras de proteção na Terceira Ponte tem parecer favorável na Ales

Mistério Público investiga Secretaria de Saúde de Cariacica por irregularidades em prestações de contas