Seculo

 

Secretaria de Esportes traz primeiros benefícios para apoiadores de Roberto Carneiro


11/08/2017 às 12:18
A mudança na Secretaria de Esportes do Estado (Sesport) já vem dando resultado para o grupo político que apoiou a ida de Roberto Carneiro para a pasta. O presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (PMDB), já está circulando com o novo secretário, que ocupava o cargo de diretor do Legislativo. 
 
Nomeado nessa quarta-feira (9) para o cargo, o secretário esteve nessa quinta-feira (10), no Sesc de Guarapari (foto abaixo), onde acontece a fase final estadual dos Jogos Escolares do Espírito Santo e que reúne alunos de 39 escolas estaduais, federais e privadas. E não foi sozinho, levou Musso a tiracolo. “Muito bacana poder ver a organização do evento e o cuidado com os atletas capixabas que tanto se empenham”, disse o deputado.
 
 
Uma das críticas ao ex-titular da pasta, Max da Mata (PDT), vinha dos deputados e que não estavam satisfeitos com as andanças do pedetista em suas bases eleitorais. Para os meios políticos, a movimentação pode ser bem favorável para o grupo de deputados que se articula para o processo eleitoral de 2018. 
 
O grupo que já conta com mais da metade do plenário, apoia a candidatura do deputado Amaro Neto (SD) ao Senado e trabalha um projeto de unidade, que garantiria a ocupação dos espaços políticos na eleição do próximo ano. Por isso, a possibilidade de os deputados ganharem mais visibilidade com as movimentações dos secretários é grande. Até porque o governo do Estado sinaliza um ano de entregas, em virtude do período eleitoral. 
 
Nomeação
 
Também nessa quinta-feira (10), o deputado Erick Musso (PMDB) deu posse ao novo diretor-geral da Assembleia Joel Rangel, no gabinete da residência da Casa. 
 
Erick Musso destacou que Rangel tem o desafio de continuar com as mudanças e modernizações, que já vêm acontecendo na Casa. “Joel chega à Assembleia com plena confiança da Mesa Diretora e tem muita experiência na gestão pública. Teve mandatos como vereador, foi secretário municipal e subsecretário de Estado. Rangel vai continuar a executar o nosso planejamento, trabalho que foi muito bem executado pelo ex-diretor Roberto Carneiro”, disse o presidente da Assembleia. 
 
O novo diretor da Assembleia afirma que a Casa deve assumir o protagonismo no cenário político no Estado. “A expectativa é de muito trabalho para continuar com os avanços, pois a Assembleia precisa ser uma instituição forte, que consiga fazer ecoar aqui os anseios da população”, ressaltou Rangel. 
 
A posse foi acompanhada pelo segundo-secretário da Mesa Diretora, deputado Enivaldo dos Anjos (PSD), pelo procurador-geral, Rafael Teixeira de Freitas, pelo secretário de Gestão de Pessoas, Fabiano Burock Freixo, por representantes do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa (Sindilegis-ES) e demais convidados.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Piero Ruschi
O Governo do ES e seu amor antigo ao desamparo ambiental
Mais um ''Dia Mundial do Meio Ambiente'' se passou. Foi um dia de ''comemoração'' (política)
Gustavo Bastos
Carta ao inventor da música
''Mas que alma mora no sol?''
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Roberto Junquilho
Tem jabuti na árvore
Por trás da conturbada escolha do candidato ao governo, há uma clara demostração de poder de Hartung
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Último desejo
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

'Devoção' cega

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

A quadrilha democrática da Rua Sete