Seculo

 

Tribunal de Contas multa ex-prefeito de Anchieta por descumprir ordem


11/08/2017 às 14:38
O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou o pagamento de multa ao ex-prefeito de Anchieta (região litoral sul), Marcus Vinícius Doelinger Assad, pelo descumprimento de uma ordem da Corte. Foi determinado que o político não prorrogasse o contrato de manutenção da frota de veículos, devendo concluir novo procedimento licitatório, o que não foi feito. Assad terá que pagar R$ 3 mil por não seguir à ordem emanada no Acórdão TC 1841/2015 dentro do prazo fixado.

De acordo com informações do TCE, a exigência partiu de uma representação formulada pela empresa Grupo Manos Ltda. ME, devido a irregularidades presentes no procedimento licitatório realizado pelo município de Anchieta. O atual prefeito Fabrício Petri (PMDB) também foi notificado para que não prorrogue os contratos. Petri também descumpriu o acórdão ao prorrogar novamente o contrato de prestação de serviço, em fevereiro deste ano. No entanto, ele não foi multado porque não fora notificado anteriormente.

O regimento interno do TCE prevê a aplicação da multa pecuniária aos responsáveis por contas e atos quando não houver o cumprimento da decisão do Tribunal no prazo fixado.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
'Devoção' cega

Enquanto lideranças partidárias ecoam o ‘Volta Hartung’, o próprio lava as mãos e deixa seu exército fiel em apuros nas eleições deste ano

OPINIÃO
Erfen Santos
O Cidadão Ilustre
O filme suscita reflexões pertinentes sobre prêmios literários como o Nobel, que rejeitou grandes escritores
Geraldo Hasse
Notícias do fundo do poço
Se não ceder às pressões externas, a Petrobras pode voltar a liderar a economia
JR Mignone
A importância das eleições
Cada empresa de comunicação tem de se esmerar nas campanhas, sem partido ou cores políticas
BLOGS
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Além das lágrimas
MAIS LIDAS

Ministério Público investiga suspeita de cartel em licitações da Secretaria de Agricultura

Amancio, um cantador da capoeira

Vagas no Senado viram a grande disputa deste ano no Espírito Santo

A quadrilha democrática da Rua Sete

Contratação do Instituto da Mata Atlântica gera PAD contra gerente do Iema