Seculo

 

Com perfil cada vez mais político, equipe de Hartung se movimenta de olho em 2018


13/08/2017 às 18:39
O governador Paulo Hartung (PMDB) nunca teve um secretariado com perfil tão político quanto o atual. Em seus mandatos passados, o governador contava mais com lideranças articuladoras, que exerciam uma função de bastidores, do que protagonistas de palanque. Desta vez, porém, tanto no primeiro escalão quanto nas autarquias e órgãos há lideranças políticas ocupando espaço e se movimentando de olho no processo eleitoral do ano que vem. 
 
Entre os nomes cotados para uma disputa à Câmara dos Deputados estão os secretários José Carlos da Fonseca Júnior (Casa Civil); Octaciano Neto (Agricultura), André Garcia (Segurança) e Eugênio Ricas (Controle e Transparência). Desse grupo, apenas Zé Carlinhos está filiado a partido (PSD), os demais esperam o governador sinalizar a legenda que melhor se encaixa no projeto político do Palácio Anchieta. Mas caso essas candidaturas decolem, o destino é a Câmara dos Deputados.
 
Ainda no primeiro escalão, alguns membros da equipe de Hartung podem disputar a Assembleia. Nessa lista estão os secretários de Ciência e Tecnologia Vandinho Leite (PSDB); de Esportes, Roberto Carneiro (PDT); de Educação, Haroldo Rocha (PMDB); e de Direitos Humanos, Júlio Pompeu (sem partido). Já o secretário de Desenvolvimento Urbano, Rodney Miranda (DEM) pode disputar tanto para estadual como federal.
 
Há na equipe alguns subsecretários que também ganham destaque como lideranças com potencial eleitoral. O principal deles é o ex-prefeito de Vila Velha Neucimar Fraga (PSD), um nome forte para a disputa a deputado federal. 
 
Outros dois ex-prefeitos que podem disputar a Assembleia estão à frente de órgãos ou autarquias do Estado, como o ex-prefeito de Colatina,  Leonardo Deptulski, que atua na Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh); e o ex-prefeito de Aracruz, o pedetista Marcelo Coelho, que está no Instituto Capixaba de  Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Quem também é um nome em condições de tentar voltar à Assembleia é o do chefe de gabinete de Hartung, o ex-deputado Paulo Roberto (PMDB). 
 
Essa ocupação de espaços está gerando ciúmes, sobretudo na Assembleia, com os deputados se sentindo ameaçados. Eles temem que os secretários levem vantagem com a máquina na mão. Alguns já têm queixado abertamente na Assembleia dos secretários, propensos candidatos, que estariam invadindo suas bases sem pedir licença. Sem recursos e com a crise de credibilidade na classe política em alta, a apreensão dos deputados deve aumentar.
 
Preocupado em organizar as peças no seu tabuleiro político da melhor maneira, Hartung os potenciais candidatos da equipe ampliam seu poder de negociação e podem tornar seu palanque mais reforçado, principalmente se o governador decidir disputar a reeleição. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Só rabo preso

Se Majeski não conseguir acomodação para alçar voos mais altos em 2018, mercado já irá considerar Hartung reeleito no Estado. Assim, de mão beijada?

OPINIÃO
Piero Ruschi
Instituto Nacional Imoral da Mata Atlântica
O longo caminho até esse crime contra o patrimônio cultural foi repleto de ações tão indecorosas quanto seu indigno desfecho
Renata Oliveira
Hartung, o economista
O governador vem sendo incluído em uma casta de pensadores da economia brasileira; grupo arregimentado por Rodrigo Maia
JR Mignone
Radiamadores
Os radioamadores continuam na sua ação principal, aquela de ajudar, informar, localizar, conhecer e explorar as distâncias
Caetano Roque
Uma questão de adequação
A CUT capixaba tem que analisar onde está seu erro e como consertar a saída das ruas
BLOGS
Blog do Phil

Phil Palma

Um homem nu.
Flânerie

Manuela Neves

Sizino, o pioneiro
Panorama Atual

Roberto Junquilho

A Força Nacional e o marketing de uma falsa segurança
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

A árvore da via
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Só rabo preso

Parte dos tucanos quer Majeski como opositor de Hartung, mas PSDB não assume candidatura

Sejus rescinde contrato com empresa que forneceu comida imprópria a presos

Ministério Público arquiva inquérito contra ex-prefeito da Serra

Tribunal absolve funcionária pública acusada de acúmulo indevido de cargos