Seculo

 

Com perfil cada vez mais político, equipe de Hartung se movimenta de olho em 2018


13/08/2017 às 18:39
O governador Paulo Hartung (PMDB) nunca teve um secretariado com perfil tão político quanto o atual. Em seus mandatos passados, o governador contava mais com lideranças articuladoras, que exerciam uma função de bastidores, do que protagonistas de palanque. Desta vez, porém, tanto no primeiro escalão quanto nas autarquias e órgãos há lideranças políticas ocupando espaço e se movimentando de olho no processo eleitoral do ano que vem. 
 
Entre os nomes cotados para uma disputa à Câmara dos Deputados estão os secretários José Carlos da Fonseca Júnior (Casa Civil); Octaciano Neto (Agricultura), André Garcia (Segurança) e Eugênio Ricas (Controle e Transparência). Desse grupo, apenas Zé Carlinhos está filiado a partido (PSD), os demais esperam o governador sinalizar a legenda que melhor se encaixa no projeto político do Palácio Anchieta. Mas caso essas candidaturas decolem, o destino é a Câmara dos Deputados.
 
Ainda no primeiro escalão, alguns membros da equipe de Hartung podem disputar a Assembleia. Nessa lista estão os secretários de Ciência e Tecnologia Vandinho Leite (PSDB); de Esportes, Roberto Carneiro (PDT); de Educação, Haroldo Rocha (PMDB); e de Direitos Humanos, Júlio Pompeu (sem partido). Já o secretário de Desenvolvimento Urbano, Rodney Miranda (DEM) pode disputar tanto para estadual como federal.
 
Há na equipe alguns subsecretários que também ganham destaque como lideranças com potencial eleitoral. O principal deles é o ex-prefeito de Vila Velha Neucimar Fraga (PSD), um nome forte para a disputa a deputado federal. 
 
Outros dois ex-prefeitos que podem disputar a Assembleia estão à frente de órgãos ou autarquias do Estado, como o ex-prefeito de Colatina,  Leonardo Deptulski, que atua na Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh); e o ex-prefeito de Aracruz, o pedetista Marcelo Coelho, que está no Instituto Capixaba de  Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Quem também é um nome em condições de tentar voltar à Assembleia é o do chefe de gabinete de Hartung, o ex-deputado Paulo Roberto (PMDB). 
 
Essa ocupação de espaços está gerando ciúmes, sobretudo na Assembleia, com os deputados se sentindo ameaçados. Eles temem que os secretários levem vantagem com a máquina na mão. Alguns já têm queixado abertamente na Assembleia dos secretários, propensos candidatos, que estariam invadindo suas bases sem pedir licença. Sem recursos e com a crise de credibilidade na classe política em alta, a apreensão dos deputados deve aumentar.
 
Preocupado em organizar as peças no seu tabuleiro político da melhor maneira, Hartung os potenciais candidatos da equipe ampliam seu poder de negociação e podem tornar seu palanque mais reforçado, principalmente se o governador decidir disputar a reeleição. 

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Precipitou-se

Com um olho em 2018 e outro em 2020, Luciano Rezende antecipou o processo eleitoral, mas esqueceu a Lava Jato. Aí mora o problema.

OPINIÃO
Renata Oliveira
Bicho-papão
O ajuste fiscal de Paulo Hartung precisa do exemplo do Rio de Janeiro tanto para cortar quanto para supervalorizar a liberação de recursos
JR Mignone
Qual rádio ouviria hoje?
Sinceramente, não saberia explicar que tipo de rádio eu ouviria hoje, isto é, que me motivaria a ligar o botão para ouvi-la: uma de notícia ou uma só de música selecionada
Caetano Roque
Pressão neles
O movimento sindical deve conscientizar o trabalhador sobre quem estará na disputa do próximo ano contra ele
Geraldo Hasse
A doença da intolerância
Ela está nos estádios, nos governos, nas igrejas, nos parlamentos, nas ruas, nos tribunais
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

Branca, o Teatro e a sala de estar
Panorama Atual

Roberto Junquilho

Fuzis e baionetas, nunca mais!
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Turista acidental
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Bicho-papão

Posse de tucano no Turismo é demonstração interna de força de Colnago

Subseção da OAB-ES cobra esclarecimento sobre atuação de Homero Mafra na defesa de acusado

Justiça Federal determina que 14 municípios adotem ponto eletrônico para médicos e dentistas

Dary Pagung vai fechar a porta para emendas de deputados no orçamento