Seculo

 

Festival de música de Muqui divulga programação completa


17/08/2017 às 12:38
O Festival Jovem de Integração Cultural de Muqui - Multipliqui, divulga a programação completa da 3ª edição, que acontece nos dias 8 e 9 de setembro, com shows musicais de convidados e competitivos, na Praça João Batista, em Muqui, no sul do Espírito Santo. 
 
Em 2017, o show de abertura fica por conta da banda Mary Di, intercalando performances teatrais e de estética circense com a pegada rock da ‘pin up’.  Mary Di é uma personagem incorporada pela vocalista (e atriz,  Maria Barros, conhecida no Brasil pela atuação com autenticidade em suas releituras musicais.  
 
No sábado, a partir das 22h30,  três bandas independentes do estado se apresentam e concorrem ao  Prêmio Multi Bandas. O melhor grupo da noite será escolhido por júri popular. 
 
São elas: Los Zombres, grupo de Hip Hop que explora as possibilidades da música negra pop e mescla com as vertentes latinas; In-versão Brasileira, com  sonoridade de Rap/Soul; e Machimbo no estilo reggae.  
 
O 3º Multipliqui é uma realização do Coletivo Multipliqui, representado por Júlio Valim e produzido pela Caju Produções, com apoio do Funcultura da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo através do Edital Setorial de Música. 
 
Em 2017, o Festival de Integração Cultural de Muqui continua com foco na música com apresentação de artistas locais do Espírito Santo, abrindo seu leque de diversidade sonora, com bandas independentes e autorais. O tema desta edição é “Saia do quadrado”, valorizando a diversidade.
 
O Multipliqui (com i mesmo, de Muqui, de integração, de invenção e interação) é um projeto de integração cultural que foi realizado pela primeira vez em 2014, como um movimento de cultura fruto da união de coletivos jovens, propondo ações de intercâmbio cultural e de linguagens, incentivando o turismo cultural e a economia criativa em parceria com o poder público, instituições culturais e sociedade civil.

O objetivo do evento é promover trocas culturais nas mais diversas linguagens artísticas, movimentando a juventude do interior sul capixaba com experiências coletivas, tendo como palco principal das ações a cidade de Muqui, maior sítio histórico do estado.

Leia Também

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem

.

SOCIOECONÔMICAS
Quem dá mais?

Enquanto o mercado político se divide cada vez mais entre o bloco palaciano e o puxado por Casagrande, Audifax segue com acenos para o lado que mais convém

OPINIÃO
Editorial
Castigada seja a hipocrisia!
Ideal, mesmo, seria ver tamanha indignação dos deputados estaduais no debate sobre nudez artística em casos reais de atentado à paciência da sociedade
Geraldo Hasse
Manobras perigosas
Os empresários, que surfaram na onda de Lula, estão assustados com a pororoca de Temer
JR Mignone
Banalização
O carnaval fez com que se desse uma trégua nas informações sobre política no Brasil
Roberto Junquilho
Hora do plano B
Os planos de Hartung e Colnago retornam à estaca zero com a saída de Luiz Paulo do PSDB
BLOGS
Flânerie

Manuela Neves

A arte de pilotar motocicletas – ou com Chico na garupa
Mensagem na Garrafa

Wanda Sily

Yes, nós também!
Gustavo Bastos
Blog destinado à divulgação de poesia, conteúdos literários, artigos e conhecimentos em geral.
MAIS LIDAS

Castigada seja a hipocrisia!

Hora do plano B

Ricardo Ferraço ensaia chapa casada ao Senado com Amaro Neto

Quem dá mais?

Estudantes reagem contra manutenção do reajuste na passagem de ônibus